Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 14 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Camelôs entram em confronto com PM e Guarda Civil em São Paulo


Do Diário OnLine

09/11/2006 | 10:10


Vendedores ambulantes entraram em confronto com a Guarda Civil Metropolitana e com a Polícia Militar, na madrugada desta quinta-feira, na região da Rua Oriente, no Brás, Centro de São Paulo.

A confusão teve início quando os guardas impediram que os camelôs montassem suas barracas na chamada "feirinha da madrugada". Em protesto, eles incendiaram um caminhão, apedrejaram um ônibus e tombaram uma kombi da fiscalização. A polícia, por sua vez, lançou bombas de efeito moral para dispersar os manifestantes.

Na manhã desta quinta, os camelôs mandaram o comércio da Rua Oriente fechar as portas. Eles permanecem na região, mas a situação é mais calma. Policiais militares e guardas civis também circulam pelas ruas do Brás para conter eventuais novas manifestações.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Camelôs entram em confronto com PM e Guarda Civil em São Paulo

Do Diário OnLine

09/11/2006 | 10:10


Vendedores ambulantes entraram em confronto com a Guarda Civil Metropolitana e com a Polícia Militar, na madrugada desta quinta-feira, na região da Rua Oriente, no Brás, Centro de São Paulo.

A confusão teve início quando os guardas impediram que os camelôs montassem suas barracas na chamada "feirinha da madrugada". Em protesto, eles incendiaram um caminhão, apedrejaram um ônibus e tombaram uma kombi da fiscalização. A polícia, por sua vez, lançou bombas de efeito moral para dispersar os manifestantes.

Na manhã desta quinta, os camelôs mandaram o comércio da Rua Oriente fechar as portas. Eles permanecem na região, mas a situação é mais calma. Policiais militares e guardas civis também circulam pelas ruas do Brás para conter eventuais novas manifestações.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;