Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 8 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Diadema: desistência de bloco esvazia a convenção do PL


Marcos Palhares
Do Diário do Grande ABC

19/06/2004 | 18:31


A debandada de última hora de nove partidos que apoiavam a candidatura de Gilson Menezes (PL) à Prefeitura de Diadema esvaziou neste sábado a convenção dos liberais, na Câmara Municipal. Na ocasião, foi confirmado o nome de Paulo Muniz, o Paulão da Força Sindical (PDT), como vice. “Você pensa que tem amigos, que estão do seu lado, mas depois percebe que estão armando uma arapuca”, desabafou Menezes, ao comentar a perda do apoio do grupo formado por PP, PTC, PSL, PHS, PRP, PT do B, PAN, PTN e Prona, na última quarta-feira.

“Não entendi nada, pois foram eles que defenderam minha candidatura a vice. Depois que fui escolhido, desistiram”, comentou Paulão. As coligações do PL e do PDT na chapa proporcional ainda não foram decididas. “Deixamos em aberto porque pode haver um refluxo, esses partidos podem voltar a me apoiar”, disse Menezes. Porém, o presidente do PT do B, Antônio Irineu de Oliveira, garantiu que o rompimento é definitivo.

“Nós faríamos reuniões com o Paulão e o Paulo Milanesi (PSB), para avaliar qual dos dois seria o vice. O Gilson escolheu o Paulão sem nos consultar e por isso decidimos retirar o apoio”, afirmou Oliveira. Agora, os nove partidos vão decidir se apóiam a candidatura de José Augusto da Silva Ramos (PSDB) ou a reeleição de José de Filippi Júnior (PT). Estão tentando atrair para seu bloco PTB, PST, PRTB e PSB, e pretendem fazer uma convenção conjunta no dia 26.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Diadema: desistência de bloco esvazia a convenção do PL

Marcos Palhares
Do Diário do Grande ABC

19/06/2004 | 18:31


A debandada de última hora de nove partidos que apoiavam a candidatura de Gilson Menezes (PL) à Prefeitura de Diadema esvaziou neste sábado a convenção dos liberais, na Câmara Municipal. Na ocasião, foi confirmado o nome de Paulo Muniz, o Paulão da Força Sindical (PDT), como vice. “Você pensa que tem amigos, que estão do seu lado, mas depois percebe que estão armando uma arapuca”, desabafou Menezes, ao comentar a perda do apoio do grupo formado por PP, PTC, PSL, PHS, PRP, PT do B, PAN, PTN e Prona, na última quarta-feira.

“Não entendi nada, pois foram eles que defenderam minha candidatura a vice. Depois que fui escolhido, desistiram”, comentou Paulão. As coligações do PL e do PDT na chapa proporcional ainda não foram decididas. “Deixamos em aberto porque pode haver um refluxo, esses partidos podem voltar a me apoiar”, disse Menezes. Porém, o presidente do PT do B, Antônio Irineu de Oliveira, garantiu que o rompimento é definitivo.

“Nós faríamos reuniões com o Paulão e o Paulo Milanesi (PSB), para avaliar qual dos dois seria o vice. O Gilson escolheu o Paulão sem nos consultar e por isso decidimos retirar o apoio”, afirmou Oliveira. Agora, os nove partidos vão decidir se apóiam a candidatura de José Augusto da Silva Ramos (PSDB) ou a reeleição de José de Filippi Júnior (PT). Estão tentando atrair para seu bloco PTB, PST, PRTB e PSB, e pretendem fazer uma convenção conjunta no dia 26.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;