Fechar
Publicidade

Domingo, 5 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Cooperação com China atinge 'níveis sem precedentes', diz Putin

EBC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


08/06/2018 | 14:46


A cooperação entre a Rússia e a China está em níveis históricos, afirmou o presidente Vladimir Putin ao presidente chinês, Xi Jinping. Segundo Putin, a cooperação com Pequim "é uma das maiores prioridades e atingiu um nível sem precedentes".

Xi disse que os dois países têm tomado o desenvolvimento das relações como uma prioridade. Os dois líderes assinaram um comunicado prometendo "aprofundar suas consultas em questões de estabilidade estratégica" e também "expandir a cooperação contraterrorismo" e combater o terrorismo.

A nota conjunta ainda critica os Estados Unidos por sua decisão de retirar o Irã do acordo nuclear. Os dois países disseram que pretendem manter a iniciativa viva e ampliar o comércio com o Irã.

Os dois países assinaram uma série de acordos de cooperação, em questões econômicas, de transporte, espacial e energia nuclear. Eles incluem a construção de mais dois reatores na usina nuclear chinesa de Tianwan, além de mais reatores em outro local. Fonte: Associated Press.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Cooperação com China atinge 'níveis sem precedentes', diz Putin


08/06/2018 | 14:46


A cooperação entre a Rússia e a China está em níveis históricos, afirmou o presidente Vladimir Putin ao presidente chinês, Xi Jinping. Segundo Putin, a cooperação com Pequim "é uma das maiores prioridades e atingiu um nível sem precedentes".

Xi disse que os dois países têm tomado o desenvolvimento das relações como uma prioridade. Os dois líderes assinaram um comunicado prometendo "aprofundar suas consultas em questões de estabilidade estratégica" e também "expandir a cooperação contraterrorismo" e combater o terrorismo.

A nota conjunta ainda critica os Estados Unidos por sua decisão de retirar o Irã do acordo nuclear. Os dois países disseram que pretendem manter a iniciativa viva e ampliar o comércio com o Irã.

Os dois países assinaram uma série de acordos de cooperação, em questões econômicas, de transporte, espacial e energia nuclear. Eles incluem a construção de mais dois reatores na usina nuclear chinesa de Tianwan, além de mais reatores em outro local. Fonte: Associated Press.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;