Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 23 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Dupla tem reencontro sob pressão


Anderson Rodrigues
Do Diário do Grande ABC

14/09/2006 | 01:07


Élton e Dinélson têm muitos pontos em comum. Além da idade, 20, eles amadureceram juntos no futebol do Corinthians. Foram campeões da Copa São Paulo de Juniores em 2005 e pouco aproveitados no elenco profissional do Timão. Agora, a dupla se reencontra no São Caetano com a responsabilidade de evitar o rebaixamento. Pressão que nunca tiveram na carreira, mesmo atuando na panela de pressão chamada Parque São Jorge. “Nunca fomos cobrados no Corinthians. A pressão ficava toda com as estrelas. Mas agora ela está batendo de frente, na nossa cara, aqui no São Caetano”, revelou Élton.


Dinélson foi contratado por empréstimo do Corinthians até dezembro – mesma situação de Élton. Com a dupla de ataque titular suspensa, Dinélson deve estrear domingo pelo Azulão, contra o Juventude, em Caxias do Sul. “Entrosamento é o que não vai faltar. Joguei três anos com o Élton e o entrosamento não poderia ser melhor. Além da época dos Juniores, atuei algumas vezes com ele no profissional, época em que fomos campeões brasileiros do ano passado”, recordou Dinélson, que foi formado pelo Guarani e encontrou Élton nas categorias de base do Timão.


Élton e Dinélson não escondem a felicidade de terem encontrado um clube onde pudessem mostrar qualidade. “O São Caetano apostou na gente. Aqui consegui ser titular, ganhar espaço. Quando o Dinélson estava sendo contratado, disse que o clube era estruturado e que poderia dar o espaço que não tivemos no Corinthians. Essa dupla tem tudo para dar certo”, opinou Élton, titular absoluto e que já detectou a pressão no Grande ABC. “Não é da torcida nem da imprensa. A pressão vem de dentro, da diretoria, que dá a bronca”.


Dinélson chegou semana passada e teve sua documentação regularizada terça-feira na CBF (Confederação Brasileira de Futebol). E ele garante que sabe lidar com a pressão.

“Nunca entrávamos quando o Corinthians estava goleando. Era sempre na fogueira. Se o técnico (Hélio dos Anjos) optar pela nossa escalação, vamos fazer de tudo para tirar o São Caetano da zona de rebaixamento”, finalizou.

Desfalque – O zagueiro Gustavo dificilmente enfrentará o Juventude no domingo. Com uma fadiga na coxa direita, ele corre atrás do tempo para entrar em campo.


Além dele, o Azulão não terá a dupla de ataque titular (Marcelinho e Wellington Amorim, suspensos). Triguinho e Gustavo Gaúcho estão no departamento Médico, enquanto Leandro Lima já voltou aos treinos, que estão sendo realizados em Mauá.


A diretoria do São Caetano deve acertar nesta quinta-feira com mais um reforço para o Brasileiro. Hélio dos Anjos quer um lateral-esquerdo e um volante, que podem ser contratados de equipes da Série B.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Dupla tem reencontro sob pressão

Anderson Rodrigues
Do Diário do Grande ABC

14/09/2006 | 01:07


Élton e Dinélson têm muitos pontos em comum. Além da idade, 20, eles amadureceram juntos no futebol do Corinthians. Foram campeões da Copa São Paulo de Juniores em 2005 e pouco aproveitados no elenco profissional do Timão. Agora, a dupla se reencontra no São Caetano com a responsabilidade de evitar o rebaixamento. Pressão que nunca tiveram na carreira, mesmo atuando na panela de pressão chamada Parque São Jorge. “Nunca fomos cobrados no Corinthians. A pressão ficava toda com as estrelas. Mas agora ela está batendo de frente, na nossa cara, aqui no São Caetano”, revelou Élton.


Dinélson foi contratado por empréstimo do Corinthians até dezembro – mesma situação de Élton. Com a dupla de ataque titular suspensa, Dinélson deve estrear domingo pelo Azulão, contra o Juventude, em Caxias do Sul. “Entrosamento é o que não vai faltar. Joguei três anos com o Élton e o entrosamento não poderia ser melhor. Além da época dos Juniores, atuei algumas vezes com ele no profissional, época em que fomos campeões brasileiros do ano passado”, recordou Dinélson, que foi formado pelo Guarani e encontrou Élton nas categorias de base do Timão.


Élton e Dinélson não escondem a felicidade de terem encontrado um clube onde pudessem mostrar qualidade. “O São Caetano apostou na gente. Aqui consegui ser titular, ganhar espaço. Quando o Dinélson estava sendo contratado, disse que o clube era estruturado e que poderia dar o espaço que não tivemos no Corinthians. Essa dupla tem tudo para dar certo”, opinou Élton, titular absoluto e que já detectou a pressão no Grande ABC. “Não é da torcida nem da imprensa. A pressão vem de dentro, da diretoria, que dá a bronca”.


Dinélson chegou semana passada e teve sua documentação regularizada terça-feira na CBF (Confederação Brasileira de Futebol). E ele garante que sabe lidar com a pressão.

“Nunca entrávamos quando o Corinthians estava goleando. Era sempre na fogueira. Se o técnico (Hélio dos Anjos) optar pela nossa escalação, vamos fazer de tudo para tirar o São Caetano da zona de rebaixamento”, finalizou.

Desfalque – O zagueiro Gustavo dificilmente enfrentará o Juventude no domingo. Com uma fadiga na coxa direita, ele corre atrás do tempo para entrar em campo.


Além dele, o Azulão não terá a dupla de ataque titular (Marcelinho e Wellington Amorim, suspensos). Triguinho e Gustavo Gaúcho estão no departamento Médico, enquanto Leandro Lima já voltou aos treinos, que estão sendo realizados em Mauá.


A diretoria do São Caetano deve acertar nesta quinta-feira com mais um reforço para o Brasileiro. Hélio dos Anjos quer um lateral-esquerdo e um volante, que podem ser contratados de equipes da Série B.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;