Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 27 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Pequim considera críticas japonesas 'irresponsáveis'



04/08/2011 | 02:59


A China manifestou nesta quarta-feira seu "forte descontentamento" com o governo do Japão, e o chamou de "irresponsável" tendo em vista o teor do relatório anual sobre a defesa japonesa, no qual Tóquio acusa Pequim de opacidade em seu orçamento militar. Além disso, diz o documento que os japoneses mostraram-se "preocupados com as ambições marítimas do país vizinho". "O relatório sobre a defesa do Japão 2011 contém comentários irresponsáveis sobre a construção da defesa nacional chinesa. A China expressa seu forte descontentamento", afirmou Ma Zhaoxu, porta-voz do Ministério de Relações Exteriores da China.

A modernização das forças armadas chinesas "tem o único propósito de proteger a soberania nacional", e "esse efetivo não será dirigido contra nenhum país", acrescentou o porta-voz. Ele aconselhou o Japão a "refletir sobre seu próprio passado, interrogando-se sobre sua política de defesa". Ma Zhaoxu pede que Tóquio se empenhe para que haja maior confiança entre os dois vizinhos. O relatório afirma que o orçamento chinês para fins militares disparou neste ano, mas que apenas uma parte é trazida a público. Segundo o porta-voz, a intenção chinesa é reduzir a defasagem militar que o país tem em relação aos Estados Unidos e Rússia. As informações são da Associated Press.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Pequim considera críticas japonesas 'irresponsáveis'


04/08/2011 | 02:59


A China manifestou nesta quarta-feira seu "forte descontentamento" com o governo do Japão, e o chamou de "irresponsável" tendo em vista o teor do relatório anual sobre a defesa japonesa, no qual Tóquio acusa Pequim de opacidade em seu orçamento militar. Além disso, diz o documento que os japoneses mostraram-se "preocupados com as ambições marítimas do país vizinho". "O relatório sobre a defesa do Japão 2011 contém comentários irresponsáveis sobre a construção da defesa nacional chinesa. A China expressa seu forte descontentamento", afirmou Ma Zhaoxu, porta-voz do Ministério de Relações Exteriores da China.

A modernização das forças armadas chinesas "tem o único propósito de proteger a soberania nacional", e "esse efetivo não será dirigido contra nenhum país", acrescentou o porta-voz. Ele aconselhou o Japão a "refletir sobre seu próprio passado, interrogando-se sobre sua política de defesa". Ma Zhaoxu pede que Tóquio se empenhe para que haja maior confiança entre os dois vizinhos. O relatório afirma que o orçamento chinês para fins militares disparou neste ano, mas que apenas uma parte é trazida a público. Segundo o porta-voz, a intenção chinesa é reduzir a defasagem militar que o país tem em relação aos Estados Unidos e Rússia. As informações são da Associated Press.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;