Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 4 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Empresa do Paraná está perto de aplicar concurso na Câmara

Orlando Filho/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

EPL oferece melhor preço ao Legislativo de São Bernardo e deve ser habilitada a organizar prova; diretores da Casa queriam Vunesp ou Carlos Chagas


Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

21/11/2014 | 07:00


A EPL (Empresa Paranaense de Licitações Ltda) ofereceu o menor preço na licitação aberta pelo presidente da Câmara de São Bernardo, Tião Mateus (PT), para contratação de empresa que aplicará concurso público para preenchimento de 21 vagas no Legislativo. A companhia está encaminhada para executar o serviço – já que critério menor preço é decisivo – e pode tirar do papel uma promessa do petista para tentar organizar o quadro de servidores legislativos.

Ontem, o secretário-geral da Casa, Roberto Carlos de Almeida, publicou no Diário Oficial lista com quatro propostas de interessadas no contrato, indicando a EPL como a favorita para coordenar o processo seletivo, já que apresentou tabela com preços mais vantajosos ao poder público. Na sequência estão a RBO Assessoria Pública e Projetos Municipais Ltda, Consesp – Concurso, Residências Médicas, Avaliações e Pesquisas Ltda e Shdias Consultoria e Assessoria Ltda. Interessadas ainda podem contestar o resultado.

Somente a Persona Capacitação Assessoria e Consultoria foi desabilitada da licitação por não atender a itens presentes no edital. No total, 11 empresas manifestaram interesse no convênio, sendo só cinco pré-selecionadas pela comissão de licitações da Casa.

Nenhuma das empresas estava no rol de cogitadas pela direção da Câmara no começo do ano, quando o tema concurso público foi colocado em pauta pelo presidente Tião Mateus. Alguns funcionários do alto escalão do Legislativo pressionaram o petista até o último momento para admitir, sem licitação, a Vunesp (Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista) ou da Fundação Carlos Chagas. Tião venceu a queda de braço.

Tião afirma que 57 servidores deixaram os quadros legislativos, seja por transferência ou aposentadoria, desde 2012, o que tem sobrecarregado diversos setores da Casa. Segundo o petista, departamentos mais críticos são cerimonial, jurídico e administrativo – justamente para onde as vagas serão destinadas agora.

Alegando falta de recursos, o presidente da Câmara optou por abrir 21 dos 57 cargos em desfalque, mas a opção gerou desconforto na Casa, principalmente porque Tião decidiu devolver R$ 8,5 milhões em sobra de receita para a Prefeitura de São Bernardo em 2013. Vereadores e funcionários indicaram que o recurso poderia ser direcionado à folha de pagamento para poder contratar servidores.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Empresa do Paraná está perto de aplicar concurso na Câmara

EPL oferece melhor preço ao Legislativo de São Bernardo e deve ser habilitada a organizar prova; diretores da Casa queriam Vunesp ou Carlos Chagas

Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

21/11/2014 | 07:00


A EPL (Empresa Paranaense de Licitações Ltda) ofereceu o menor preço na licitação aberta pelo presidente da Câmara de São Bernardo, Tião Mateus (PT), para contratação de empresa que aplicará concurso público para preenchimento de 21 vagas no Legislativo. A companhia está encaminhada para executar o serviço – já que critério menor preço é decisivo – e pode tirar do papel uma promessa do petista para tentar organizar o quadro de servidores legislativos.

Ontem, o secretário-geral da Casa, Roberto Carlos de Almeida, publicou no Diário Oficial lista com quatro propostas de interessadas no contrato, indicando a EPL como a favorita para coordenar o processo seletivo, já que apresentou tabela com preços mais vantajosos ao poder público. Na sequência estão a RBO Assessoria Pública e Projetos Municipais Ltda, Consesp – Concurso, Residências Médicas, Avaliações e Pesquisas Ltda e Shdias Consultoria e Assessoria Ltda. Interessadas ainda podem contestar o resultado.

Somente a Persona Capacitação Assessoria e Consultoria foi desabilitada da licitação por não atender a itens presentes no edital. No total, 11 empresas manifestaram interesse no convênio, sendo só cinco pré-selecionadas pela comissão de licitações da Casa.

Nenhuma das empresas estava no rol de cogitadas pela direção da Câmara no começo do ano, quando o tema concurso público foi colocado em pauta pelo presidente Tião Mateus. Alguns funcionários do alto escalão do Legislativo pressionaram o petista até o último momento para admitir, sem licitação, a Vunesp (Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista) ou da Fundação Carlos Chagas. Tião venceu a queda de braço.

Tião afirma que 57 servidores deixaram os quadros legislativos, seja por transferência ou aposentadoria, desde 2012, o que tem sobrecarregado diversos setores da Casa. Segundo o petista, departamentos mais críticos são cerimonial, jurídico e administrativo – justamente para onde as vagas serão destinadas agora.

Alegando falta de recursos, o presidente da Câmara optou por abrir 21 dos 57 cargos em desfalque, mas a opção gerou desconforto na Casa, principalmente porque Tião decidiu devolver R$ 8,5 milhões em sobra de receita para a Prefeitura de São Bernardo em 2013. Vereadores e funcionários indicaram que o recurso poderia ser direcionado à folha de pagamento para poder contratar servidores.  

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;