Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 22 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Jornaleiro deseja se aposentar na atividade

Nario Barbosa/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Davi Cordeiro Alves, 51 anos, saiu de Pernambuco e chegou a São Paulo em 1983


Matheus Angioleto
Especial para o Diário

27/06/2017 | 07:00


 O jornaleiro Davi Cordeiro Alves, 51 anos, saiu de Pernambuco e chegou a São Paulo em 1983. Após trabalhar por cinco anos na banca de jornal do irmão, na Capital, comprou por 600 mil cruzeiros o espaço que mantém há quase 30 anos dentro do Terminal Rodoviário de Ribeirão Pires, local onde pretende trabalhar até se aposentar.

Contente com a atividade, ele conta que, apesar da crise bater à porta, a criatividade é fator diferencial. No espaço em que administra, além de jornais e revistas, há lugar para pipoca doce, refrigerantes, chocolates e até cartões telefônicos. “A gente vai se virando, usando um pouco a criatividade e colocando coisas que a gente acha que dá para fazer a diferença. Temos uma infinidade de coisas que em 1988 não tínhamos”, relata.

Segundo Alves, o local , que é “tradicional e tem o melhor faturamento da cidade”, vende mais jornais do que qualquer outra coisa. “Hoje, acredito vender mais os jornais, mesmo porque eles são diários, vem cada dia um diferente. Aí depois vem as revistas de mangá e outras coisas”, conta.

Tomar conta de uma banca de jornal em comparação com o início da jornada é atividade considerada como “café com leite”, além da tranquilidade de encontrar revistas e jornais nas gavetas quando chega à banca. “Dá para pagar as contas. Falo sempre para o pessoal que em um País com 14 milhões de desempregados, se você tem uma atividade que está dando para pagar as contas, você tem de agradecer”, pondera o profissional, que mantém o espaço das 5h às 21h diariamente com a ajuda de familiares.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;