Fechar
Publicidade

Domingo, 5 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

O centenário time dos Flaquer


Ademir Medici

03/01/2015 | 07:00


“No dia 3 de janeiro, desafio entre a Associação Atlética São Bernardo e Brasil Futebol Clube, inaugurando este o seu novel e vasto campo”.

Cf. O Estado de S. Paulo, 23-12-1914.

Há 100 anos, nesta data, era inaugurado o campo do Brasil Futebol Clube, numa área cedida pelo senador José Luiz Flaquer ao lado da sua residência, uma chácara vizinha à sede do atual clube Primeiro de Maio FC, a meio caminho entre a Rua Coronel Oliveira Lima e a atual Praça IV Centenário, do Paço Municipal.

Em 3 de janeiro de 1915, os arredores do Centro andreense eram formados por várias outras chácaras – Bastos, Suplicy, Murray – e as raras imagens que chegam daquele tempo mostram o verde a emoldurar a cidade.

O campo do Brasil andreense hoje seria delimitado pelas ruas Primeiro de Maio e Campos Sales. A antiga agência do INPS foi erguida no terreno do campo. Idem o primeiro prédio do Senai, espaço hoje ocupado por agência do Bradesco, na esquina com a Rua Bernardino de Campos.

À frente da AA Brasil estavam os Flaquer – Juca e Tonico, mais um genro do senador, o engenheiro Emilio Cordes, casado com Elizinha Flaquer.

Para a inauguração do campo foi convidada a AA São Bernardo, que venceu por 3 a 0, gols marcados no segundo tempo, dois deles pelo avante Zito. Tonico Flaquer, futuro prefeito de Santo André, jogou de beque pelo Brasil, ele que era o capitão.

Senhas para fotos

Texto: Isa Coradi

Em São Bernardo, era tradição as crianças fazerem sua primeira comunhão nos meses de maio e dezembro e seguirem para a foto no Estúdio Amaro ou Samaro. Para as fotos ficarem mais autênticas, Antenor Coradi construiu um genuflexório onde as crianças se ajoelhavam, como se estivessem na igreja.

Eram tantas crianças que Sofia distribuía senhas numeradas. Na sala de espera havia bolachas e sucos para quem estivesse ainda em jejum.

As fotos mais importantes eram as de casamentos. Os noivos marcavam com antecedência dia e horário e qual tipo de poses preferiam. Se a noiva tivesse um vestido com muitos detalhes, Antenor e sua auxiliar Lourdes podiam demorar até meia hora para deixar tudo perfeito.

Diário há 30 anos

Quinta-feira, 3 de janeiro de 1985 – ano 27, nº 5713

Manchete – Figueiredo (presidente da República) é internado às pressas e pode ser operado

Diadema – Sem vigias, retirados pela Prefeitura, mais três escolas estaduais são depredadas.

Polícia – Agora, presos fazem greve de fome após rebelião na Cadeia Pública.

Em 3 de janeiro de...

A guerra. Da manchete do Estadão: “Continuam os combates de artilharia”.

Com o falecimento da respectiva professora, senhorita Noêmia Araújo, acha-se vaga a Primeira Escola Feminina da Estação de São Caetano.

Hoje

Dia do Juizado de Menores

Santos do dia

- Santa Genoveva (422-502).

A França não deu ao mundo somente Santa Joana D''Arc como exemplo de mulher por interferir na política dos homens. Presenteou a humanidade também com Santa Genoveva. Embora não se atirasse à guerra como Joana D''Arc, Santa Genoveva fez das atividades política e social uma obrigação tão importante quanto a oração e o jejum. Se Joana é invocada como guerreira, Genoveva se faz protetora nas horas de calamidade e perseguição.

- Antero

- Cirino

- Florêncio

Nas ondas do rádio

Viagem no Tempo, com Marcelo Lopes Duarte. Vinte e quatro horas por dia na internet: www.viagemnotempo.net. Aos sábados e domingos, o melhor do flash-back, com canções populares brasileiras e internacionais; de segunda a sexta-feira, o melhor da música instrumental. E mais: fotografias e “notícias no tempo”.

Estadão AM (700) e FM (92,9). Estadão Acervo. Há 55 anos falecia a cantora Billie Holiday, cujo estilo a diferenciava de outras intérpretes do jazz e do blues; a vida e obra do compositor Lupicínio Rodrigues, com canções em diversas vozes e depoimentos deixados à TV Cultura; uma homenagem a Ray Charles com as boas passagens de sua trajetória pessoal e profissional. Apresentação: Geraldo Nunes. Hoje, às 6h e 14h; amanhã, às 7h.

Rádio ABC (1570) - Causas Nobres. Retrospectiva dos melhores programas do ano. Produção e apresentação: Antonio Dalto. Hoje, ao meio-dia.

Bandeirantes AM (840) e FM (90,9). Memória. Chorinho: a história desse gênero musical, com a participação de vários grupos de chorões. Produção e apresentação: Milton Parron. Hoje, às 23h, com reprise amanhã às 5h. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

O centenário time dos Flaquer

Ademir Medici

03/01/2015 | 07:00


“No dia 3 de janeiro, desafio entre a Associação Atlética São Bernardo e Brasil Futebol Clube, inaugurando este o seu novel e vasto campo”.

Cf. O Estado de S. Paulo, 23-12-1914.

Há 100 anos, nesta data, era inaugurado o campo do Brasil Futebol Clube, numa área cedida pelo senador José Luiz Flaquer ao lado da sua residência, uma chácara vizinha à sede do atual clube Primeiro de Maio FC, a meio caminho entre a Rua Coronel Oliveira Lima e a atual Praça IV Centenário, do Paço Municipal.

Em 3 de janeiro de 1915, os arredores do Centro andreense eram formados por várias outras chácaras – Bastos, Suplicy, Murray – e as raras imagens que chegam daquele tempo mostram o verde a emoldurar a cidade.

O campo do Brasil andreense hoje seria delimitado pelas ruas Primeiro de Maio e Campos Sales. A antiga agência do INPS foi erguida no terreno do campo. Idem o primeiro prédio do Senai, espaço hoje ocupado por agência do Bradesco, na esquina com a Rua Bernardino de Campos.

À frente da AA Brasil estavam os Flaquer – Juca e Tonico, mais um genro do senador, o engenheiro Emilio Cordes, casado com Elizinha Flaquer.

Para a inauguração do campo foi convidada a AA São Bernardo, que venceu por 3 a 0, gols marcados no segundo tempo, dois deles pelo avante Zito. Tonico Flaquer, futuro prefeito de Santo André, jogou de beque pelo Brasil, ele que era o capitão.

Senhas para fotos

Texto: Isa Coradi

Em São Bernardo, era tradição as crianças fazerem sua primeira comunhão nos meses de maio e dezembro e seguirem para a foto no Estúdio Amaro ou Samaro. Para as fotos ficarem mais autênticas, Antenor Coradi construiu um genuflexório onde as crianças se ajoelhavam, como se estivessem na igreja.

Eram tantas crianças que Sofia distribuía senhas numeradas. Na sala de espera havia bolachas e sucos para quem estivesse ainda em jejum.

As fotos mais importantes eram as de casamentos. Os noivos marcavam com antecedência dia e horário e qual tipo de poses preferiam. Se a noiva tivesse um vestido com muitos detalhes, Antenor e sua auxiliar Lourdes podiam demorar até meia hora para deixar tudo perfeito.

Diário há 30 anos

Quinta-feira, 3 de janeiro de 1985 – ano 27, nº 5713

Manchete – Figueiredo (presidente da República) é internado às pressas e pode ser operado

Diadema – Sem vigias, retirados pela Prefeitura, mais três escolas estaduais são depredadas.

Polícia – Agora, presos fazem greve de fome após rebelião na Cadeia Pública.

Em 3 de janeiro de...

A guerra. Da manchete do Estadão: “Continuam os combates de artilharia”.

Com o falecimento da respectiva professora, senhorita Noêmia Araújo, acha-se vaga a Primeira Escola Feminina da Estação de São Caetano.

Hoje

Dia do Juizado de Menores

Santos do dia

- Santa Genoveva (422-502).

A França não deu ao mundo somente Santa Joana D''Arc como exemplo de mulher por interferir na política dos homens. Presenteou a humanidade também com Santa Genoveva. Embora não se atirasse à guerra como Joana D''Arc, Santa Genoveva fez das atividades política e social uma obrigação tão importante quanto a oração e o jejum. Se Joana é invocada como guerreira, Genoveva se faz protetora nas horas de calamidade e perseguição.

- Antero

- Cirino

- Florêncio

Nas ondas do rádio

Viagem no Tempo, com Marcelo Lopes Duarte. Vinte e quatro horas por dia na internet: www.viagemnotempo.net. Aos sábados e domingos, o melhor do flash-back, com canções populares brasileiras e internacionais; de segunda a sexta-feira, o melhor da música instrumental. E mais: fotografias e “notícias no tempo”.

Estadão AM (700) e FM (92,9). Estadão Acervo. Há 55 anos falecia a cantora Billie Holiday, cujo estilo a diferenciava de outras intérpretes do jazz e do blues; a vida e obra do compositor Lupicínio Rodrigues, com canções em diversas vozes e depoimentos deixados à TV Cultura; uma homenagem a Ray Charles com as boas passagens de sua trajetória pessoal e profissional. Apresentação: Geraldo Nunes. Hoje, às 6h e 14h; amanhã, às 7h.

Rádio ABC (1570) - Causas Nobres. Retrospectiva dos melhores programas do ano. Produção e apresentação: Antonio Dalto. Hoje, ao meio-dia.

Bandeirantes AM (840) e FM (90,9). Memória. Chorinho: a história desse gênero musical, com a participação de vários grupos de chorões. Produção e apresentação: Milton Parron. Hoje, às 23h, com reprise amanhã às 5h. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;