Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 23 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Lauro Michels projeta mudanças no secretariado


Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

24/04/2013 | 07:00


O prefeito de Diadema, Lauro Michels (PV), afirmou que até o segundo semestre vai consolidar as primeiras mudanças no primeiro escalão de seu governo. As alterações que estão próximas de ser executadas são as saídas de David Schmidt da Pasta de Segurança Alimentar (ele continuaria somente em Transportes) e da vice-prefeita Silvana Guarnieri (PTB) da Secretaria de Assistência Social e Cidadania.

O verde admitiu que a costura política para conquistar maioria na Câmara vai forçá-lo a trocar peças de sua equipe, mas evitou falar nomes de secretários que devem perder os postos. "Hoje estou com meu quadro de secretários completo. Não posso falar que secretário A ou B é ruim. Mas a pessoa precisa participar de um projeto político e entender que naquele momento pode ser necessário que ela abra espaço para outra. (Se não houver entendimento) Ela não será parceira."

Lauro prometeu abrir espaço no comando de Pastas quando fechou apoio de PSB, PMDB, PDT, PR e PRB. Como parte do acordo para formar uma bancada de 15 vereadores, nomeou indicado dos parlamentares para cargos em comissão de menor expressão.

Comenta-se nos corredores da Prefeitura que Lauro já optou por ceder a Pasta de Segurança Alimentar ao PSB, que tem os vereadores Célio Boi e Vaguinho do Conselho. O problema, porém, recai no primeiro suplente de parlamentar da sigla, Frank Miller. Lauro chegou a cogitar indicar Célio Boi ao comando da secretaria, mas recuou por não querer ver Frank na Câmara.

Com quatro vereadores (Luiz Paulo Salgado, Talabi Fahel, Reinaldo Meira e José Zito da Silva, o Zezito), o PR ainda nutre desejo de comandar Transportes. Lauro, no entanto, tenta convencer os republicanos a aceitar a Assistência Social. Para isso, tem até preparado o terreno para tirar Silvana da chefia do setor. O nome do PR mais cotado para o departamento é o do presidente municipal do partido, o ex-vereador José Carlos Gonçalves. Filho de Zezito, Adilson José da Silva também é aventado.

 

SEGUNDO ESCALÃO

Lauro garantiu que nos próximos dias vai publicar as exonerações de comissionados do segundo escalão com baixa produção no Paço. Segundo o prefeito, são cerca de 20 funcionários que serão substituídos. "Há pessoas que não estão contribuindo, que acham que prefeitura é lugar para ter emprego e não trabalho."



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;