Fechar
Publicidade

Sábado, 8 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Tuitaço pede saída de Salles do Ministério do Meio Ambiente



21/04/2021 | 10:44


O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, está sendo alvo na manhã desta quarta-feira, 21, de um tuitaço divulgado por organizações ambientais pedindo a sua saída do cargo. Postagens com a hashtag #ForaSalles foram feitas no Twitter por nomes como a ex-ministra do Meio Ambiente Marina Silva, o compositor Gilberto Gil, ex-ministro da Cultura e a ativista defensora dos animais Luisa Mell, além de políticos da oposição como o deputado Alessandro Molon (PSB) e o senador Humberto Costa (PT). Como reação ao movimento, apoiadores do governo estão divulgando mensagens a favor do ministro com a hashtag #FicaSalles.

Na noite de terça-feira, 20, o próprio Salles contribuiu para dar visibilidade à publicação massiva de tuites ao ironizar uma convocação de tuitaço feita pelo Coletivo de Cidadãos e Cidadãs em Defesa das Florestas. "Amanhã é dia...", postou Salles.

Candidata da Rede nas eleições presidenciais que, em outubro de 2018, elegeram Jair Bolsonaro, a ex-ministra Marina Silva escreveu que Salles e o presidente não estão cumprindo o dever de proteger a Amazônia. "Precisamos que as agências ambientais funcionem! Ibama fraco só interessa a quem atua na ilegalidade", postou Marina.

Gilberto Gil, ao também aderir ao movimento, postou: "hoje é o Dia da Terra, o dia de pensarmos sobre nossa responsabilidade e compromisso com o futuro do nosso planeta. O Brasil tem um dos maiores patrimônios ambientais do mundo e não podemos deixar que seja destruído pela maldade do governo atual. #ForaSalles".



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Tuitaço pede saída de Salles do Ministério do Meio Ambiente


21/04/2021 | 10:44


O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, está sendo alvo na manhã desta quarta-feira, 21, de um tuitaço divulgado por organizações ambientais pedindo a sua saída do cargo. Postagens com a hashtag #ForaSalles foram feitas no Twitter por nomes como a ex-ministra do Meio Ambiente Marina Silva, o compositor Gilberto Gil, ex-ministro da Cultura e a ativista defensora dos animais Luisa Mell, além de políticos da oposição como o deputado Alessandro Molon (PSB) e o senador Humberto Costa (PT). Como reação ao movimento, apoiadores do governo estão divulgando mensagens a favor do ministro com a hashtag #FicaSalles.

Na noite de terça-feira, 20, o próprio Salles contribuiu para dar visibilidade à publicação massiva de tuites ao ironizar uma convocação de tuitaço feita pelo Coletivo de Cidadãos e Cidadãs em Defesa das Florestas. "Amanhã é dia...", postou Salles.

Candidata da Rede nas eleições presidenciais que, em outubro de 2018, elegeram Jair Bolsonaro, a ex-ministra Marina Silva escreveu que Salles e o presidente não estão cumprindo o dever de proteger a Amazônia. "Precisamos que as agências ambientais funcionem! Ibama fraco só interessa a quem atua na ilegalidade", postou Marina.

Gilberto Gil, ao também aderir ao movimento, postou: "hoje é o Dia da Terra, o dia de pensarmos sobre nossa responsabilidade e compromisso com o futuro do nosso planeta. O Brasil tem um dos maiores patrimônios ambientais do mundo e não podemos deixar que seja destruído pela maldade do governo atual. #ForaSalles".

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;