Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 21 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Ameaçado, Azulão dispensa
Ailton Silva pela segunda vez

Após empate do São Caetano com o XV de Piracicaba no
Anacleto Campanella, diretoria anunciou a saída do técnico


Marco Borba
Do Diário do Grande ABC

29/03/2013 | 07:03


 

O empate com o XV de Piracicaba (2 a 2), anteontem, no Anacleto Campanella, provocou outra turbulência no São Caetano. Ontem à tarde, a diretoria comunicou a saída do técnico Ailton Silva. Dirigentes não foram localizados para informar se o treinador foi dispensado ou deixou o cargo.

 

 

Segundo a assessoria de imprensa da agremiação, a saída se deu por meio de “acordo entre as partes”. Daniel Martine, que comandou a equipe sub-20 na Copa São Paulo de Juniores, assume como técnico interino. O clube também não informou se Martine comandará a equipe nas últimas quatro rodadas do Paulistão ou se o treinador ficará no banco somente no confronto de domingo contra o Mogi Mirim, no Estádio Anacleto Campanella, às 18h30.

 

Foi a segunda passagem de Aílton Silva pelo Azulão no Estadual. Na primeira, venceu o Atlético Sorocaba na abertura do torneio. Depois empatou com o Oeste e perdeu para Linense e São Bernardo. No tropeço por 4 a 1 contra o Tigre, fora de casa, foi dispensado e Geninho assumiu o posto.

 

A passagem de Geninho pelo São Caetano também foi relâmpago. Perdeu seis partidas e empatou uma, nos 2 a 2 com o Corinthians. Embora tenha mudado o esquema tático e trocado alguns jogadores, Geninho também não conseguiu fazer o time render. Com a queda de Geninho, Ailton Silva retornou e, em quatro partidas, conquistou seis pontos – uma vitória (Ituano) e três empates (Palmeiras, União Barbarense e XV de Piracicaba).

 

Após o jogo contra o XV, Ailton Silva foi duramente criticado por torcedores por promover a entrada de Rivaldo – no lugar de Jael – no momento em que a equipe passava aperto, mas ainda vencia por 2 a 1. Apesar da mudança, o time seguiu acuado. Embora Rivaldo tenha se movimentado e buscado o jogo, o Azulão não melhorou na partida e sofreu o empate. O time é o 18º, com 11 pontos.

 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Ameaçado, Azulão dispensa
Ailton Silva pela segunda vez

Após empate do São Caetano com o XV de Piracicaba no
Anacleto Campanella, diretoria anunciou a saída do técnico

Marco Borba
Do Diário do Grande ABC

29/03/2013 | 07:03


 

O empate com o XV de Piracicaba (2 a 2), anteontem, no Anacleto Campanella, provocou outra turbulência no São Caetano. Ontem à tarde, a diretoria comunicou a saída do técnico Ailton Silva. Dirigentes não foram localizados para informar se o treinador foi dispensado ou deixou o cargo.

 

 

Segundo a assessoria de imprensa da agremiação, a saída se deu por meio de “acordo entre as partes”. Daniel Martine, que comandou a equipe sub-20 na Copa São Paulo de Juniores, assume como técnico interino. O clube também não informou se Martine comandará a equipe nas últimas quatro rodadas do Paulistão ou se o treinador ficará no banco somente no confronto de domingo contra o Mogi Mirim, no Estádio Anacleto Campanella, às 18h30.

 

Foi a segunda passagem de Aílton Silva pelo Azulão no Estadual. Na primeira, venceu o Atlético Sorocaba na abertura do torneio. Depois empatou com o Oeste e perdeu para Linense e São Bernardo. No tropeço por 4 a 1 contra o Tigre, fora de casa, foi dispensado e Geninho assumiu o posto.

 

A passagem de Geninho pelo São Caetano também foi relâmpago. Perdeu seis partidas e empatou uma, nos 2 a 2 com o Corinthians. Embora tenha mudado o esquema tático e trocado alguns jogadores, Geninho também não conseguiu fazer o time render. Com a queda de Geninho, Ailton Silva retornou e, em quatro partidas, conquistou seis pontos – uma vitória (Ituano) e três empates (Palmeiras, União Barbarense e XV de Piracicaba).

 

Após o jogo contra o XV, Ailton Silva foi duramente criticado por torcedores por promover a entrada de Rivaldo – no lugar de Jael – no momento em que a equipe passava aperto, mas ainda vencia por 2 a 1. Apesar da mudança, o time seguiu acuado. Embora Rivaldo tenha se movimentado e buscado o jogo, o Azulão não melhorou na partida e sofreu o empate. O time é o 18º, com 11 pontos.

 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;