Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 23 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Futuro da campanha está indefinido

Continuação da ação ficará a cargo dos prefeitos que assumem em 2013


Cadu Proieti
Do Diário do Grande ABC

06/11/2012 | 07:00


O futuro da campanha Travessia Segura, lançada em dezembro pelo Consórcio Intermunicipal do Grande ABC, está indefinido. Segundo o presidente da entidade e prefeito de Rio Grande da Serra, Adler Kiko Teixeira (PSDB), como haverá renovação na bancada de seis dos sete chefes do Executivo, não é possível garantir que o programa será mantido em 2012.

"Não podemos dizer isso (que a ação irá continuar). O desejo, até mesmo pelos resultados que estão sendo apresentados, é que tenha continuidade, mas os novos gestores municipais que irão definir. Dos sete atuais prefeitos, só o (Luiz) Marinho (PT, prefeito de São Bernardo) estará aqui no ano que vem. Ou seja, haverá renovação", afirmou Kiko.

Em março, o Diário noticiou que o programa ainda era ignorado. No entanto, o Consórcio acredita que a campanha é responsável pela redução de atropelamentos na região. Segundo levantamento feito pela entidade, do início da ação, em novembro de 2011, até hoje houve redução de 16% nos acidentes envolvendo pedestres no Grande ABC, considerando os 12 meses anteriores ao programa. "Isso mostra a eficiência da campanha", disse Kiko.

O Consórcio iniciou, em outubro, trabalho com atores e monitores, que orientavam os pedestres por meio de encenações. Na reunião de ontem, foram apresentadas aos prefeitos imagens dessa fase do projeto.

CARONA SOLIDÁRIA
No mês passado, o Consórcio anunciou a criação de programa para aumentar a taxa de ocupação nos veículos particulares. O projeto, chamado de Carona Solidária, visa diminuir a emissão de poluentes no ar.

De acordo com levantamento feito pela entidade, 2% dos motoristas da região estariam dispostos a participar do programa. "Parece número pequeno, mas se trata de universo de aproximadamente 1 milhão de veículos no Grande ABC. Com isso, podemos acreditar que cerca de 20 mil veículos sairiam das ruas com a adesão à campanha. Seria contribuição importante em Mobilidade Urbana com custo muito pequeno", opinou Kiko.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;