Fechar
Publicidade

Domingo, 26 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Surpresas do futebol
embalam Timão em Goiás


Anderson Fattori
Com Agências

05/12/2010 | 07:11


As surpresas que o futebol constantemente nos impõe é o que motiva o Corinthians a acreditar no título do Campeonato Brasileiro. Os jogadores não escondem o frustrante sentimento de precisar torcer pelo improvável - vitória ou empate do rebaixado Guarani sobre o líder Fluminense, no Rio de Janeiro -, mas se respaldam em inúmeros exemplos que mostram que, no futebol, tudo é possível. É nesse clima que o time entra em campo para fazer sua parte, diante do Goiás, às 17h, no Serra Dourada.

Um dos mais experientes do grupo, o lateral-esquerdo Roberto Carlos ensina os caminhos que podem levar à conquista da taça. "O certo seria marcar gol nos primeiros minutos para (teoricamente) ficar dois pontos na frente. Se isso acontecer, a perna deles (Fluminense) vai começar a tremer. Por isso seria bom tentarmos fazer logo o primeiro gol contra o Goiás."

O lateral aconselha os corintianos a esquecerem, na medida do possível, o jogo do rival. "Claro que de qualquer forma ficaremos sabendo do resultado pela reação da torcida. Independente disso temos que fazer nosso jogo e nos manter concentrados para vencer. Depois é ver o que aconteceu", sugere.

Com Ronaldo - recuperado de lesão no músculo posterior da coxa direita - em campo, o técnico Tite escala o que considera o melhor time do Corinthians. Não deve haver surpresas, com a única dúvida ficando entre Dentinho e Jorge Henrique ao lado do Fenômeno. Apesar de demonstrar certa apreensão na véspera da decisão, Ronaldo garante que no clube ninguém mais pensa no fiasco que foi o centenário e aproveita para cutucar os rivais. "Não existe esse negócio de salvar o ano do Corinthians com o título brasileiro. tivemos um ano maravilhoso. Olhem para os outros times da capital: eles não produziram nem a metade", comenta.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Surpresas do futebol
embalam Timão em Goiás

Anderson Fattori
Com Agências

05/12/2010 | 07:11


As surpresas que o futebol constantemente nos impõe é o que motiva o Corinthians a acreditar no título do Campeonato Brasileiro. Os jogadores não escondem o frustrante sentimento de precisar torcer pelo improvável - vitória ou empate do rebaixado Guarani sobre o líder Fluminense, no Rio de Janeiro -, mas se respaldam em inúmeros exemplos que mostram que, no futebol, tudo é possível. É nesse clima que o time entra em campo para fazer sua parte, diante do Goiás, às 17h, no Serra Dourada.

Um dos mais experientes do grupo, o lateral-esquerdo Roberto Carlos ensina os caminhos que podem levar à conquista da taça. "O certo seria marcar gol nos primeiros minutos para (teoricamente) ficar dois pontos na frente. Se isso acontecer, a perna deles (Fluminense) vai começar a tremer. Por isso seria bom tentarmos fazer logo o primeiro gol contra o Goiás."

O lateral aconselha os corintianos a esquecerem, na medida do possível, o jogo do rival. "Claro que de qualquer forma ficaremos sabendo do resultado pela reação da torcida. Independente disso temos que fazer nosso jogo e nos manter concentrados para vencer. Depois é ver o que aconteceu", sugere.

Com Ronaldo - recuperado de lesão no músculo posterior da coxa direita - em campo, o técnico Tite escala o que considera o melhor time do Corinthians. Não deve haver surpresas, com a única dúvida ficando entre Dentinho e Jorge Henrique ao lado do Fenômeno. Apesar de demonstrar certa apreensão na véspera da decisão, Ronaldo garante que no clube ninguém mais pensa no fiasco que foi o centenário e aproveita para cutucar os rivais. "Não existe esse negócio de salvar o ano do Corinthians com o título brasileiro. tivemos um ano maravilhoso. Olhem para os outros times da capital: eles não produziram nem a metade", comenta.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;