Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 8 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Trabalhadores da VW vão à Justiça


Luciele Velluto
Do Diário do Grande ABC

05/05/2007 | 07:05


Os trabalhadores do extinto CFE (Centro de Formação e Estudos) da unidade da Volkswagen, em São Bernardo, deram entrada na justiça para pedir correção do valor concedido – de 0,6 salário por ano de trabalho – nas demissões.

Dispensados da Volks em novembro do ano passado, 433 trabalhadores foram demitidos, de um total de 498, com o fim do acordo de estabilidade de emprego. O restante continuou na empresa por conta de doenças profissionais e foi recolocado em outros setores.

Os processos estão sendo elaborados através do departamento jurídico do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC. “Eles saíram com 0,6 salário por ano trabalhado com o acordo da reestruturação. Na época, a idéia da Volks era conceder apenas 0,4 salário, pois a demissão desse setor já era certa”, conta o vice-presidente da entidade Francisco Duarte de Lima, o Alemão.

Segundo do sindicalista, os trabalhadores do CFE querem o mesmo concedido no primeiro PDV (Programa de Demissões Voluntárias), de 1,4 salário por ano de trabalho, feito após o acordo para os cortes realizados com a reestruturação da montadora.

Para os que deram entrada ao processo logo após a demissão, a ação já corre na justiça. No entanto, o sindicato informa que quem quiser dar entrada na papelada para buscar um melhor incentivo para saída ainda pode procurar o departamento jurídico da entidade.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;