Política Titulo Charge
Charge - 10 de julho de 2024
Fernandes
10/07/2024 | 10:10
Compartilhar notícia
Fernandes


 O prefeito de São Caetano, José Auricchio Júnior (PSD), voltou a admitir ontem, em vídeo publicado nas redes sociais, a ocorrência de problemas nos serviços de Saúde e porta aberta, como na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) e no Hospital Municipal de Emergências Albert Sabin, com espera superior a quatro horas. “Não é confortável”, disse o pessedista, ao atribuir o aumento na demanda ao “pico de dengue”. Há um mês, durante prestação de contas no bairro Nova Gerty, o chefe do Executivo são-caetanense já havia reconhecido o superfluxo nas unidades.

A declaração foi dada em resposta a uma moradora, que cobrava do prefeito agilidade das equipes no atendimento à população. Ela disse que hospital de verdade deveria atender em uma hora e não em quatro.




Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


;