Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 22 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Liverpool enterra sonho do bi do Barça na Copa dos Campeões


Do Diário OnLine
Com AFP

06/03/2007 | 21:51


O Liverpool (ING) colocou nesta terça-feira um ponto final no sonho do Barcelona (ESP) de chegar ao bicampeonato da Copa dos Campeões da Europa. Mesmo perdendo em casa por 1 a 0, a equipe inglesa garantiu a classificação, pois havia vencido a partida de ida por 2 a 1, na Espanha.

Campeão do torneio europeu em 2005, o Liverpool dominou totalmente a partida, sobretudo no primeiro tempo, mas não conseguiu traduzir esse domínio em gols. O Barça foi mais objetivo e abriu o placar no segundo tempo, aos 29 minutos, graças ao atacante islandês Eidar Gudjohnsen.

Animados pelo gol, os catalães pressionaram muito nos últimos 15 minutos, mas não conseguiram marcar o segundo gol, que lhes daria a classificação para as quartas-de-final da competição.

A famosa dupla de ataque do Barcelona, formada pelo brasileiro Ronaldinho Gaúcho e pelo camaronês Samuel Eto’o, mais uma vez esteve apagada.

Outros jogos -
Em Valencia, a equipe local se deu bem e se classificou ao empatar por 0 a 0 com o Inter de Milão no estádio de Mestalla (leste da Espanha), após o 2 a 2 no jogo de ida.

A partida foi equilibrada até os 30 minutos do segundo tempo, quando o Inter se lançou todo ao ataque e pressionou o time local contra a própria área, iniciando um verdadeiro bombardeio contra o goleiro Santiago Cañizares.

A tensão crescente provocou muitas faltas, especialmente nos últimos minutos de jogo, e quando o juiz apitou o fim do jogo, o argentino Nicolás Burdisso (Inter) e Carlos Marchena se atracaram, fazendo com que David Navarro entrasse na briga para defender seu colega do Valencia.

Em seguida, vários jogadores se envolveram na confusão e a briga seguiu até os vestiários.

Já em Londres, o Chelsea bateu o FC Porto por 2 a 1, após empate por 1 a 1 no jogo de ida, e avançou à próxima fase. O time inglês anotou com Robben e Ballack. O Porto marcou com Quaresma.

Quaresma marcou com um disparo impressionante, deixando os portugueses com o gosto da classificação até o final da primeira etapa, mas Arjen Robben igualou logo no início do segundo tempo, com um chute de longe que enganou o goleiro Helton.

Ballack fez o gol salvador a 11 minutos do fim, quando Shevchenko recebeu a bola de Drogba e tocou de cabeça para o alemão arrematar.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;