Política Titulo Pré-candidatura
Marcelo Lima quer reintegrar S.Bernardo ao Consórcio

Pré-candidato do Podemos diz que, se eleito, município retornará ao colegiado regional

Artur Rodrigues
21/06/2024 | 09:22
Compartilhar notícia
FOTO: Divulgação/Brenner Oliveira


Pré-candidato a prefeito de São Bernardo, Marcelo Lima (Podemos) garantiu que, se eleito, vai trabalhar pela reintegração do município ao Consórcio Intermunicipal Grande ABC. No lançamento oficial de sua pré-candidatura, realizada ontem à noite no Espaço Modular, no bairro Rudge Ramos, o ex-vice-prefeito e ex-deputado federal destacou a importância do diálogo com as demais cidades da região. 

“Se eleito, no dia 1º de janeiro de 2025 vou dar a entrada de São Bernardo ao Consórcio Intermunicipal. Não dá para fazer a gestão sem dialogar com Santo André, Diadema, Mauá, São Caetano, Rio Grande da Serra e Ribeirão Pires. Os sete prefeitos precisam de união, para que possamos, juntos, fazer com que a região metropolitana possa ser mais pujante e unida, independentemente de partidos políticos e ideologias partidárias”, declarou Marcelo Lima. 

São Bernardo deixou o Consórcio após o prefeito Orlando Morando (PSDB) discordar do resultado da eleição para presidente da entidade, em dezembro de 2022. Na ocasião, o colegiado elegeu, por quatro votos a três, o prefeito de Mauá, Marcelo Oliveira (PT), para comandar a entidade longo de 2023. O Diário apurou à época que Morando desejava que o prefeito de Diadema, José de Filippi Júnior (PT), fosse o escolhido. Com a discordância, o tucano retirou São Bernardo da entidade, medida que foi avalizada pela Câmara são-bernardense em 1º de fevereiro do ano passado. 

“Estive ao lado dele (Morando) durante sete anos com muita lealdade e muito trabalho. Trabalhamos firmemente e até acho que ele deve responder sobre isso. Nós pensamos diferente. Orlando é o Orlando, e o Marcelo é o Marcelo – que, no dia 1º, reintegrará São Bernardo ao Consórcio”, disse. 

Ex-aliado do chefe do Executivo de São Bernardo, Marcelo Lima disse ser difícil uma aliança com Morando – que indicou para a disputa majoritária sua primeira-sobrinha, Flávia Morando (União Brasil) – até o início das convenções partidárias, em 20 de julho. Por outro lado, o ex-vice-prefeito espera ganhar o apoio de mais dois partidos durante a pré-campanha. 

“Não posso falar que vai ocorrer (aliança com Morando), pois não me encontrei mais com ele. Acho que ainda é cedo, e esperamos a chegada de mais dois partidos ao nosso grupo. Acho que é uma avaliação que depende mais do outro lado e não de mim”, disse. 

Atualmente, os partidos que estão no arco de alianças de Marcelo Lima são Avante, Agir, PMB e PRTB, além do próprio Podemos. 

União Brasil denuncia campanha ilegal

O diretório do União Brasil em São Bernardo, presidido por José Luiz Gavinelli, entrou com ação na Justiça contra uma campanha ilegal de telemarketing que está sendo conduzida no município. 

A representação foi movida junto ao TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo), contendo números telefônicos, sem identificação, que passavam ao eleitorado conteúdo de caráter negativo sobre o prefeito Orlando Morando (PSDB) e sua primeira-sobrinha, Flávia Morando (União Brasil), indicada do grupo à sucessão na Prefeitura. Segundo a direção do partido, as ligações tinham viés eleitoral visando a disputa pelo Paço. 

“A conduta impugnada viola uma série de disposições da Resolução TSE nº 23.610/2019, razão pela qual a identificação e a condenação dos responsáveis são medidas que se impõem. O União Brasil de São Bernardo busca garantir que tais práticas sejam imediatamente interrompidas, preservando assim a integridade do processo eleitoral, além de lamentar práticas como esta em meio ao início de período pré-eleitoral”, diz a nota enviada pela legenda. 

Durante o lançamento de sua pré-candidatura a prefeito, Marcelo Lima (Podemos) disse desconhecer a ação, mas condenou qualquer prática de ataque a seus adversários. 

“Nossa campanha será propositiva. Minha experiência e meu trabalho nunca foi pautado em atacar outras candidaturas. De nossa parte todos podem esperar amizade e mãos dadas”, disse Marcelo Lima.




Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


;