Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 18 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Rapper Lil' Kim começa a cumprir pena


Da AFP

20/09/2005 | 13:22


A rapper americana Lil' Kim começou a cumprir a pena de um ano e um dia de prisão na segunda-feira por mentir para um grande júri sobre um tiroteio ocorrido em 2001 entre músicos que a acompanhavam e um grupo de rap rival.

Kimberly Jones, 30 anos, que gravou vários álbuns, entre eles, "Hardcore", "La Bella Mafia" e "Notorious K.I.M.", chegou ao centro de detenção federal da Filadélfia, na Pensilvânia, para começar a cumprir a pena. Antes de o juiz proferir a sentença, Kim, emocionada, admitiu ter mentido no caso.

"Eu dei falso testemunho ao grande júri durante o julgamento. Naquela época eu pensei ser a coisa certa a fazer, mas eu sei que era errado", afirmou. Conhecida pelas letras lascivas, pelas roupas provocantes e pela predileção por jóias de diamantes, a escultural cantora corria o risco de ser condenada a 20 anos de prisão.

Durante seu julgamento, os promotores a acusaram de mentir repetidas vezes para o grande júri que investigava o tiroteio ocorrido em 2001 a fim de proteger membros de seu grupo e arruinar a investigação do governo.

O tiroteio ocorreu em frente a uma emissora de rádio de rap no centro da cidade de Nova York. Segundo a promotoria, dois integrantes do grupo de Kim abriram fogo contra o grupo de hip hop rival Murder Unit, ligado aos rappers Capone-N-Noreaga e Foxy Brown.

Os dois grupos haviam se envolvido em uma longa discussão e o tiroteio teria sido causado por declarações aviltantes feitas por Kim contra Brown na emissora. Uma pessoa ficou seriamente ferida no confronto.

Os promotores acusaram Kim de mentir a investigadores do grande júri quando negou conhecer um dos homens armados e que outro não tinha estado presente na rádio.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;