Fechar
Publicidade

Sábado, 22 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Vozes da quebrada

DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

A exposição ‘Para os Dias Depois de Amanhã’ poderá ser vista até março no Sesc Santo André


do Diário do Grande ABC

28/11/2021 | 07:00


Artistas que tiveram a sua identidade forjada na periferia do Grande ABC ganham espaço para expor suas criações no Sesc André. Eles compõem a ocupação Para os Dias Depois de Amanhã, que fica em exposição até março.

No ambiente, o  visitante vai encontrar obras de Mariana  Lúcio, que é assistente social e artista grafiteira do Grande ABC. Natural de Santo André, ela ministra oficinas em equipamentos culturais na região e em Santos.  Big Bacon, que é grafiteira, designer, ilustradora e integrante do coletivo Grafiteiras Negras. Reside e atua em Mauá. Mel Zabunov, artista e grafiteira independente de São Bernardo. Robinho Santana, nascido e criado em Diadema e que realiza pinturas em telas, grafita e aborda o protagonismo negro em suas produções. Fernada Carlucci, cenógrafa, Denis Freitas, designer gráfico e  o Casuá, um encontro de ideias e referências que tratam da estética e vivência dentro da cultura negra. Produções artísticas e artesanais, e que é formado pelos artistas visuais Jonathas Pereira e Bia Bonifácio, que também atuam como educadores em projetos de arte e cultura nna região e São Paulo.    

Por meio de um olhar artístico, mas também social, a ocupação busca trazer a experiência das juventudes das periferias para fazer ecoar a voz das favelas e das ruas, que são historicamente silenciadas. 

A ocupação coletiva convida o público a deixar de ser apenas espectador e imergir na construção do espaço. Cada visita será diferente, pois os artistas estarão em processo de criação de suas obras. Assim que um termina seu trabalho, o outro inicia, transformando a ocupação num grande ateliê.    

O objetivo é tornar o local uma área de convivência e estabelecer um diálogo poético entre esses materiais, cujos conteúdos confluem e são um olhar sobre como as juventudes estão atravessando o período da pandemia.  

No dia 4,  às 15h, no espaço de eventos do Sesc haverá um bate-papo entre o Cursinho Eldorado (Diadema) e o Coletivo Prisma (da UFABC, de Santo André) sobre futuro, profissão e perspectivas de vida das juventudes periféricas, trans e negras, no formato ao vivo ou com gravação em vídeo e transmissão pelos canais do Sesc Santo André. No dia 10, o espaço será aberto para a batalha de rima em homenagem ao MC Enézimo 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;