Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 9 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Paço muda outra vez setor que garante gratuidade em ônibus

Divulgação/Claudinei Plaza/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Alteração foi suspensa devido ao difícil acesso por transporte público dos usuários ao novo endereço


Thainá Lana
Do Diário do Grande ABC

19/10/2021 | 00:01


A Prefeitura de Mauá voltou atrás e mudou novamente o local para a retirada de cartão de isenção tarifária de ônibus na cidade, serviço que garante gratuidade para pessoas com problemas de saúde. O Diário mostrou no fim de setembro que o departamento havia sido transferido para a Vila Vitória, em local de difícil acesso por meio de transporte público. Desde ontem o serviço já funciona no Centro de Formação de Professores Dr. Miguel Arraes. O acesso ao departamento se dá pelo Boulevard Cônego Belisário Elias de Souza.

Após publicação da reportagem, a Prefeitura decidiu manter o serviço no Centro da cidade, devido a dificuldade de acesso dos usuários ao antigo endereço escolhido pela administração municipal. 

Ontem, quem foi até o novo espaço aprovou a mudança. Alessandra da Silva Gaudino foi ontem renovar o benefício do seu filho, Davi Lucca Gaudino, 6 anos. O garoto faz tratamento devido a uma doença neurológica e é autista. “O acesso aqui é mais fácil. A gente já sai do terminal e vem direto”, explicou a munícipe.

MUDANÇA


Inicialmente o serviço foi transferido da Rua Santa Helena, no Centro da cidade, para a Avenida Capitão João. Além da distância de três quilômetros, o ponto de ônibus mais próximo do endereço ficava a 13 minutos a pé. Na ocasião, por causa da mudança de prédio, o atendimento foi suspenso por 12 dias e deixou de atender diariamente cerca de 50 pessoas. Os usuários que precisavam renovar ou solicitar o benefício ficaram sem o serviço – inclusive munícipes com dificuldades de mobilidade e de baixa renda. 
QUEM TEM DIREITO?

Pessoas com deficiência física, sensorial, mental, soropositivos, pacientes renais crônicos e pessoas com câncer podem solicitar o benefício. Para isso é necessário comprovar a condição por meio de laudos médicos. Também é possível conseguir a isenção para o acompanhante, mas apenas aos pacientes cujo auxílio para locomoção seja imprescindível. O atendimento ao público funciona de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.


Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;