Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 25 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Tecnologia

tecnologia@dgabc.com.br | 4435-8301

Quantos dias você precisa trabalhar para comprar um iPhone 13 Pro?

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Da Redação, com assessoria
Do 33Giga

16/09/2021 | 08:18


A cada novo smartphone lançado pela Apple, a equipe de analíticos do Picodi.com prepara o chamado Índice do iPhone. Na prática, o levantamento tem a proposta de descobrir quantos dias uma pessoa precisa trabalhar para adquirir o celular de última geração. Para achar esse resultado, os especialistas comparam o salário médio com o preço sugerido do telefone em determinado país. Desta vez, o brasileiro precisará de 79,2 dias para comprar um iPhone 13 Pro.

Leia mais:
Descubra se está na hora de trocar a bateria do seu iPhone
iPhone: veja a evolução do celular da Apple
De frente com Siri: 30 respostas engraçadas da assistente pessoal da Apple

O modelo analisado pelo índice do Picodi.com tem armazenamento de 128 GB. No Brasil, o preço sugerido deste aparelho é de R$ 9.499. Já o salário médio no País é de R$ 2.515 bruto, de acordo com os últimos dados IBGE. Isto significa que um brasileiro médio teria que trabalhar por 79,2 dias para comprar um iPhone 13 Pro – presumindo que gaste todo o salário, claro.

Em comparação com o Índice do iPhone do ano passado, o resultado do Brasil melhorou em 4,1 dias. À época, o consumidor precisava trabalhar 83,3 dias. Em 2019, por sua vez, esse número era menor: 63,7 dias.

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga

Abaixo, você confere todos o ranking completo e descobre para quem é mais vantajoso comprar um iPhone 13 Pro:



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;