Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 19 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Grupo pede tombamento de
prédio histórico em Sto.André

Claudinei Plaza/ DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Edifício, construído na década de 1920, fica no Centro da cidade, pertence à Enel Distribuição e passa por obras


Daniel Tossato
Do Diário do Grande ABC

11/08/2021 | 00:01


Após o antigo prédio da Light&Power que fica na esquina entre as ruas Xavier de Toledo e Abílio Soares, no Centro de Santo André, aparecer cercado de tapumes, sugerindo que passaria por reforma, grupo de munícipes da cidade encaminhou pedido de tombamento do imóvel ao Condephaapasa (Conselho Municipal de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico, Arquitetônico-Urbanístico). O prédio foi construído na década de 1920 e atualmente pertence à Enel Distribuição.

A solicitação de tombamento foi protocolada com urgência no Condephaapasa no dia 24 de julho e deverá seguir para a análise do colegiado, que pode ou não acatar o pedido do grupo. O documento é assinado, inclusive, por três conselheiros titulares do próprio Condephaapasa: Adalberto Dias Almeida, Marcos Sidnei Pagotto Euzebio e Jairo Costa, além de Renato Brancaglione Cristofi, que é suplente do conselho, e Raquel Fernandez Varela, representante do MDV (Movimento pela Defesa da Vida). Os signatários do pedido sustentam que o prédio tem valor histórico, arquitetônico e cultural, já que faz parte da memória do período industrial de Santo André.

“Ressaltamos ainda a necessidade que esta salvaguarda seja mantida até que o Condephaapasa avalie e se pronuncie sobre a pertinência de dar sequência a um processo de tombamento deste conjunto arquitetônico de valor histórico, cultural e técnico”, alega o documento.

Os signatários acreditam que o prédio é parte da história da eletrificação da cidade e fazem ligação da importância do imóvel com o leito ferroviário da São Paulo Railway Company, que também foi fundamental para o desenvolvimento de Santo André.

Conforme o escritor e pesquisador da história de Santo André e um dos signatários do documento Jairo Costa, os conselheiros do Condephaapasa veem com muita preocupação o avanço das novas edificações no Centro antigo de Santo André. Costa entende que a especulação imobiliária, que já avançou pelo bairro Jardim e Vila Assunção, por exemplo, pode estar chegando à região central da cidade.

"Aquele prédio tem um marco histórico importante, que é o da urbanização da cidade. Apesar de o município ter 468 anos, temos poucos prédios históricos na cidade e o que temos se aproxima dos 100 anos. Aquele edifício da antiga Light é importante para a cidade”, declarou o escritor.

A Prefeitura de Santo André, por meio de nota, declarou que o Condephaapasa recebeu pedido preliminar para o tombamento do imóvel. “Com base nesse pedido, o Condephaapasa fará uma avaliação para definir se abrirá o estudo para o tombamento. O bem passará a estar protegido assim que for publicado oficialmente o início do estudo, o que não tem data para acontecer.”

Já a Enel Distribuição explicou que está realizando obras de adequação no muro da subestação de Santo André, com objetivo de adequar o local aos padrões exigidos pelas leis municipais. “A intervenção trará mais segurança ao sistema elétrico.” A empresa, entretanto, não respondeu se tem interesse de tombar o imóvel histórico localizado no terreno.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;