Fechar
Publicidade

Domingo, 1 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Em meio à pandemia, São Bernardo fecha UBS em bairro periférico

Claudinei Plaza/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Unidade do Jardim das Oliveiras vai encerrar atendimento no fim do mês e revolta moradores


Daniel Tossato
Do Diário do Grande ABC

25/06/2021 | 00:56


A Prefeitura de São Bernardo vai fechar a UBS (Unidade Básica de Saúde) do Jardim das Oliveiras a partir do dia 1º de julho em razão da precariedade do imóvel onde o equipamento está instalado. A decisão traz preocupação aos moradores do bairro, já que o local é ponto de referência da comunidade no atendimento de pessoas com suspeita de infecção pelo coronavírus.

Os moradores reclamam que não foram ouvidos pela Prefeitura e também não foram avisados sobre o fechamento. A equipe de reportagem do Diário esteve ontem na UBS e não havia nenhuma menção sobre o encerramento das atividades no local.

Líder comunitário, Maurício Inácio da Silva reclamou que os moradores foram pegos de surpresa com a decisão. Ele disse que conversas envolvendo o fechamento da UBS são ouvidas há muito tempo pelos moradores do bairro.

“A gente ficou sabendo pelas redes sociais (do fechamento da UBS). Pegou todo mundo de surpresa. Eu busquei contato com a Prefeitura e me disseram que o secretário de Saúde da cidade (Geraldo Reple) estaria em Brasília e que retornaria amanhã (hoje) para uma definição”, declarou Silva, bastante contrariado com a decisão da Prefeitura, sob gestão do prefeito Orlando Morando (PSDB).

De acordo com o líder comunitário, os moradores já preparam manifestação para tentar demover o Executivo desta decisão. “Já estou conversando com os moradores. Vamos nos movimentar, realizar manifestações, elaborar um abaixo-assinado. Vamos à luta”, declarou. Silva ainda afirmou que a UBS foi instalada em bairro onde moram mais de 5.000 pessoas e que o equipamento é muito importante para os munícipes daquela região. “Se realmente ela for fechada, vai impactar muito a vida dos moradores do Jardim das Oliveiras”, lamentou.

A UBS do Jardim das Oliveiras foi inaugurada em 2009, quando a cidade era gerida pelo ex-prefeito Luiz Marinho (PT) e atendia um dos bairros mais carentes da cidade, que foi constituído por meio de invasão a um antigo lixão.

No local, o equipamento de saúde é referência dos moradores, exatamente por ser uma das únicas unidades de saúde na região. Os munícipes temem pelo fechamento da UBS em meio ao recrudescimento dos contágios causados pelo coronavírus.

Por meio de nota, a Prefeitura de São Bernardo informou que atendeu a questionamentos do Cremesp (Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo) sobre a estrutura do equipamento de saúde e optou pela interdição da UBS após vistoria da vigilância sanitária. O Executivo ainda informou que os moradores da região, a partir do dia 1º de julho, deverão ser atendidos pela UBS do Jardim das Orquídeas, já que os profissionais que atuavam na UBS fechada passarão a atender neste equipamento de saúde. A distância entre os dois locais é de pouco mais de dois quilômetros.

O Diário não conseguiu contato com a regional de São Bernardo do Cremesp até o fechamento desta edição.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;