Fechar
Publicidade

Sábado, 15 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Paciente com metástase recebe visita de cachorro de estimação em Santo André

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Do Diário do Grande ABC

22/04/2021 | 17:28


Visita mais do que especial aconteceu nesta quinta-feira (22) no Centro Hospitalar Municipal de Santo André. O paciente João Sanches, 63 anos, recebeu seu cachorro de estimação, o Theo. Sanches, que está com metástase, é tutor do Theo há três anos. “É amor demais, ele é o amor da minha vida, só isso que eu tenho a dizer”, destacou o paciente. Após o diagnóstico e a impossibilidade de alta de João, a equipe de humanização do Centro Hospitalar Municipal de Santo André Dr. Newton da Costa Brandão decidiu liberar, cumprindo todas os cuidados sanitários exigidos durante a pandemia, a visita.

“Conseguimos articular esta visita que é muito importante, até em questão de tratamento, porque melhora o ânimo e tranquiliza o paciente, que chorou ao pedir para ir embora se despedir do animal de estimação. Além de encher toda a equipe de esperança e gratidão”, afirmou a médica paliativista, Dra. Leticia Sousa Teixeira Cordeiro. O paciente, internado desde o dia 5 de abril com neoplasia pulmonar metastática, foi submetido a cuidados paliativos, sem condições de alta. João chamava diariamente pelo Theo, porém devido as complicações da doença não era possível que fosse retirado do oxigênio. Desta forma, foi solicitado à diretoria do CHM a liberação da visita do animal no Hospital.

“Ele chorava de saudade do Theo, tenho certeza que esse encontro vai fazer muito bem para ele, até ajudar no tratamento. Eu me senti emocionada e muito grata por terem liberado, porque era tudo o que ele queria, e eu estou em paz, ele ficou feliz e o que eu puder fazer para vê-lo feliz eu vou fazer”, afirmou Silmara de Queiroz Sanches, esposa de João. A ação foi integrada entre a equipe de cuidados paliativos, diretoria, equipe médica, enfermagem, psicologia e serviço social do CHM, para que, de forma rápida e organizada, o encontro fosse proporcionado ao paciente.

Estudos apontam que a interação entre cães e pacientes tem efeito calmante e antidepressivo, além da redução da pressão sanguínea e cardíaca, melhoria do sistema imunológico e do bem-estar geral. O CHM iniciou em junho de 2019 as atividades de Pet Terapia em sua unidade pediátrica, mas a ação está temporariamente suspensa por conta da pandemia.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Paciente com metástase recebe visita de cachorro de estimação em Santo André

Do Diário do Grande ABC

22/04/2021 | 17:28


Visita mais do que especial aconteceu nesta quinta-feira (22) no Centro Hospitalar Municipal de Santo André. O paciente João Sanches, 63 anos, recebeu seu cachorro de estimação, o Theo. Sanches, que está com metástase, é tutor do Theo há três anos. “É amor demais, ele é o amor da minha vida, só isso que eu tenho a dizer”, destacou o paciente. Após o diagnóstico e a impossibilidade de alta de João, a equipe de humanização do Centro Hospitalar Municipal de Santo André Dr. Newton da Costa Brandão decidiu liberar, cumprindo todas os cuidados sanitários exigidos durante a pandemia, a visita.

“Conseguimos articular esta visita que é muito importante, até em questão de tratamento, porque melhora o ânimo e tranquiliza o paciente, que chorou ao pedir para ir embora se despedir do animal de estimação. Além de encher toda a equipe de esperança e gratidão”, afirmou a médica paliativista, Dra. Leticia Sousa Teixeira Cordeiro. O paciente, internado desde o dia 5 de abril com neoplasia pulmonar metastática, foi submetido a cuidados paliativos, sem condições de alta. João chamava diariamente pelo Theo, porém devido as complicações da doença não era possível que fosse retirado do oxigênio. Desta forma, foi solicitado à diretoria do CHM a liberação da visita do animal no Hospital.

“Ele chorava de saudade do Theo, tenho certeza que esse encontro vai fazer muito bem para ele, até ajudar no tratamento. Eu me senti emocionada e muito grata por terem liberado, porque era tudo o que ele queria, e eu estou em paz, ele ficou feliz e o que eu puder fazer para vê-lo feliz eu vou fazer”, afirmou Silmara de Queiroz Sanches, esposa de João. A ação foi integrada entre a equipe de cuidados paliativos, diretoria, equipe médica, enfermagem, psicologia e serviço social do CHM, para que, de forma rápida e organizada, o encontro fosse proporcionado ao paciente.

Estudos apontam que a interação entre cães e pacientes tem efeito calmante e antidepressivo, além da redução da pressão sanguínea e cardíaca, melhoria do sistema imunológico e do bem-estar geral. O CHM iniciou em junho de 2019 as atividades de Pet Terapia em sua unidade pediátrica, mas a ação está temporariamente suspensa por conta da pandemia.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;