Fechar
Publicidade

Sábado, 15 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Abril já é o mês mais letal
da pandemia em São Paulo

Sxc.hu Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Foram 15.975 mortes em 21 dias, superior a marca registrada em março, de 15.159 óbitos


Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

22/04/2021 | 00:01


Abril ainda não terminou e o Estado de São Paulo já acumula recorde negativo. Com 977 mortes informadas ontem, os 645 municípios, juntos, chegaram a 15.975 óbitos desde o início do mês, que agora é o mais letal da pandemia, superando março, que registrou 15.159 óbitos.

São Paulo ultrapassou ainda a marca de 90 mil mortes ontem, com 90.627 falecimentos. Foram reportados mais 17.123 novos diagnósticos positivos de Covid, o que elevou o total a 2.786.483.

Em relação aos internados, até ontem era 23.459 pacientes acamados no Estado, sendo 11.009 em UTI (Unidades de Terapia Intensiva) e 12.450 em enfermarias. A taxa de ocupação dos leitos de UTI no Estado é de 81,8% e na Grande São Paulo é de 79,4%.

O Grande ABC não acompanha a evolução do Estado no que diz respeito as mortes por Covid. Por causa do feriado de Tiradentes, apenas três cidades – Santo André, São Bernardo e São Caetano – emitiram boletins epidemiológicos ontem e informaram mais 15 falecimentos. Com isso, o total de abril é de 795 mortes, atrás dos 1.087 óbitos que foram registrados em março. No total, 6.465 pessoas já perderam a vida para a Covid na região.

Foram informados ainda 446 novos casos e o total chegou a 171.785 desde o início da pandemia. Destes, 158.010 estão recuperados da doença.

BRASIL
De acordo com dados do Ministério da Saúde, foram confirmados de terça-feira até ontem mais 3.472 mortes e o total chegou a 381.478. Já em relação aos casos, foram diagnosticadas mais 79.719 pessoas com o novo coronavírus, perfazendo 14.122.795, sendo que, destes, 12.646.132 estão recuperados da Covid.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Abril já é o mês mais letal
da pandemia em São Paulo

Foram 15.975 mortes em 21 dias, superior a marca registrada em março, de 15.159 óbitos

Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

22/04/2021 | 00:01


Abril ainda não terminou e o Estado de São Paulo já acumula recorde negativo. Com 977 mortes informadas ontem, os 645 municípios, juntos, chegaram a 15.975 óbitos desde o início do mês, que agora é o mais letal da pandemia, superando março, que registrou 15.159 óbitos.

São Paulo ultrapassou ainda a marca de 90 mil mortes ontem, com 90.627 falecimentos. Foram reportados mais 17.123 novos diagnósticos positivos de Covid, o que elevou o total a 2.786.483.

Em relação aos internados, até ontem era 23.459 pacientes acamados no Estado, sendo 11.009 em UTI (Unidades de Terapia Intensiva) e 12.450 em enfermarias. A taxa de ocupação dos leitos de UTI no Estado é de 81,8% e na Grande São Paulo é de 79,4%.

O Grande ABC não acompanha a evolução do Estado no que diz respeito as mortes por Covid. Por causa do feriado de Tiradentes, apenas três cidades – Santo André, São Bernardo e São Caetano – emitiram boletins epidemiológicos ontem e informaram mais 15 falecimentos. Com isso, o total de abril é de 795 mortes, atrás dos 1.087 óbitos que foram registrados em março. No total, 6.465 pessoas já perderam a vida para a Covid na região.

Foram informados ainda 446 novos casos e o total chegou a 171.785 desde o início da pandemia. Destes, 158.010 estão recuperados da doença.

BRASIL
De acordo com dados do Ministério da Saúde, foram confirmados de terça-feira até ontem mais 3.472 mortes e o total chegou a 381.478. Já em relação aos casos, foram diagnosticadas mais 79.719 pessoas com o novo coronavírus, perfazendo 14.122.795, sendo que, destes, 12.646.132 estão recuperados da Covid.  

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;