Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 14 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Bolsas da Ásia fecham na maioria em baixa, com riscos da covid-19 de novo em foco



21/04/2021 | 07:33


Os mercados acionários da Ásia fecharam na maioria em baixa nesta quarta-feira, 21, com investidores atentos à pandemia da covid-19 e seus riscos para a atividade. O quadro se traduziu em quadro mais negativo em Tóquio, porém Xangai registrou estabilidade.

Na Bolsa de Tóquio, o índice Nikkei fechou em queda de 2,03%, em 28.508,55 pontos. Há temores no Japão sobre medidas adicionais para conter a covid-19 e seus impactos na atividade. Entre algumas ações em foco, Nippon Steel caiu 5,4% e Renesas Electronics, 5,3%. Investidores desejam saber se o governo japonês pode decretar estado de emergência pelo vírus em Tóquio e Osaka.

Na China, a Bolsa de Xangai fechou estável, em 3.472,93 pontos, e a de Shenzhen, de menor abrangência, subiu 0,20%, a 2.277,21 pontos. Empresas ligadas à medicina estética se destacaram, com Jinling Pharmaceutical e Lancy atingindo altas de 10%, a máxima flutuação diária permitida no mercado local.

Na Coreia do Sul, o índice Kospi registrou queda de 1,52% na Bolsa de Seul, a 3.171,66 pontos, interrompendo uma sequência de sete altas consecutivas. Hoje, ações de tecnologia puxaram o movimento negativo, em quadro de menor propensão ao risco global nas últimas horas, com a covid-19 no radar. Samsung Electronics recuou 1,6%.

Em Hong Kong, o índice Hang Seng teve baixa de 1,76%, a 28.621,92 pontos. A fraqueza de ontem nas bolsas de Nova York influenciou a praça local. Ações ligadas ao consumo e à tecnologia estiveram entre as mais pressionadas. Meituan caiu 3,9% e Alibaba Group Holding recuou 2,8%. Em Taiwan, o índice Taiex fechou em queda de 0,70%, em 17.202,11 pontos.

Na Oceania, o índice S&P/ASX 200 registrou baixa de 0,29%, a 6.997,50 pontos, na Bolsa de Sydney. O índice chegou a cair 1,6% durante o pregão, mas reduziu perdas apoiado por uma leitura das vendas no varejo em março na Austrália que agradou o mercado. (Com informações da Dow Jones Newswires).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Bolsas da Ásia fecham na maioria em baixa, com riscos da covid-19 de novo em foco


21/04/2021 | 07:33


Os mercados acionários da Ásia fecharam na maioria em baixa nesta quarta-feira, 21, com investidores atentos à pandemia da covid-19 e seus riscos para a atividade. O quadro se traduziu em quadro mais negativo em Tóquio, porém Xangai registrou estabilidade.

Na Bolsa de Tóquio, o índice Nikkei fechou em queda de 2,03%, em 28.508,55 pontos. Há temores no Japão sobre medidas adicionais para conter a covid-19 e seus impactos na atividade. Entre algumas ações em foco, Nippon Steel caiu 5,4% e Renesas Electronics, 5,3%. Investidores desejam saber se o governo japonês pode decretar estado de emergência pelo vírus em Tóquio e Osaka.

Na China, a Bolsa de Xangai fechou estável, em 3.472,93 pontos, e a de Shenzhen, de menor abrangência, subiu 0,20%, a 2.277,21 pontos. Empresas ligadas à medicina estética se destacaram, com Jinling Pharmaceutical e Lancy atingindo altas de 10%, a máxima flutuação diária permitida no mercado local.

Na Coreia do Sul, o índice Kospi registrou queda de 1,52% na Bolsa de Seul, a 3.171,66 pontos, interrompendo uma sequência de sete altas consecutivas. Hoje, ações de tecnologia puxaram o movimento negativo, em quadro de menor propensão ao risco global nas últimas horas, com a covid-19 no radar. Samsung Electronics recuou 1,6%.

Em Hong Kong, o índice Hang Seng teve baixa de 1,76%, a 28.621,92 pontos. A fraqueza de ontem nas bolsas de Nova York influenciou a praça local. Ações ligadas ao consumo e à tecnologia estiveram entre as mais pressionadas. Meituan caiu 3,9% e Alibaba Group Holding recuou 2,8%. Em Taiwan, o índice Taiex fechou em queda de 0,70%, em 17.202,11 pontos.

Na Oceania, o índice S&P/ASX 200 registrou baixa de 0,29%, a 6.997,50 pontos, na Bolsa de Sydney. O índice chegou a cair 1,6% durante o pregão, mas reduziu perdas apoiado por uma leitura das vendas no varejo em março na Austrália que agradou o mercado. (Com informações da Dow Jones Newswires).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;