Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 17 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

A nova licitação de Estevão Camolesi


Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

21/04/2021 | 00:28


O presidente da Câmara de São Bernardo, Estevão Camolesi (PSDB), deu início a um processo licitatório para contratação de empresa terceirizada para fazer a gestão informatizada do sistema de compras, licitações e contratos do Legislativo local. A estimativa da casa é gastar R$ 495,9 mil, em um período de 12 meses, com o acordo. Mas o assunto já está dando o que falar nos gabinetes, até porque, Camolesi assumiu o comando da Câmara com promessa de corte de gastos e revisão de contratos. Entre vereadores que questionam o trabalho de Camolesi, o comentário era o de que essa será uma despesa evitável, até porque, o governo do Estado, por meio da BEC (Bolsa Eletrônica de Compras), fornece esse serviço de forma gratuita – basta o órgão público solicitar, via ofício, a possibilidade de compartilhamento do conhecimento. Na sessão de amanhã, há possibilidade de o tema pautar conversas com Camolesi.

BASTIDORES

Relações
A dirigente do Complexo Hospitalar de São Caetano, entidade jurídica criada para gerenciar a relação da Prefeitura com a FUABC (Fundação do ABC), é Stefânia Wludarski, que está na função desde 2020, em substituição a Filinto de Almeida Teixeira. Apesar de boa relação com figuras do primeiro escalão do Palácio da Cerâmica, Stefânia tem um passado de proximidade com um governo petista. Em 2017, por exemplo, ela foi designada pelo prefeito Edinho Silva (PT), de Araraquara, para ser gestora de projetos da Secretaria de Saúde do município do Interior. Edinho é uma das figuras consideradas do alto comando do petismo – foi, inclusive, ministro-chefe da Casa Civil da ex-presidente Dilma Rousseff (PT).

Comissão – 1
A comissão especial montada na Câmara de São Bernardo para debater o aumento da violência contra a mulher elegeu ontem os integrantes. Danilo Lima (PSDB), autor da proposta, vai presidir os trabalhos e terá Julinho Fuzari (DEM) como relator. Ana Nice (PT) será vice-presidente do colegiado interno, que terá 120 dias de funcionamento – prazo prorrogável por igual período.

Comissão – 2
“Embora seja um tema sobe o qual nós, vereadores, não tenhamos poder para legislar, podemos sim verificar e propor medidas. Vamos atacar esse problema e levar os levantamentos e as conclusões da comissão especial a outras esferas legislativas, como a Assembleia Legislativa e à Câmara Federal. Temos que encontrar alternativas para cuidar de nossas munícipes”, comentou Danilo.

Mudança de rua
A vereadora Bruna Biondi (Psol), do mandato coletivo Mulheres por Mais Direitos, protocolou na Câmara de São Caetano proposta para retirar a homenagem feita a Samuel Klein, fundador da Casas Bahia, em nome de rua na cidade. A alegação da parlamentar é a de que foi revelada série de denúncias de crimes sexuais envolvendo Samuel, que morreu em 2014, e seu filho Saul Klein (ex-PSD) – denúncia feita pela Agência Pública. Bruna sugere que a via passe a ser denominada Rua 8 de Março, dia internacional das mulheres.

Inscrições
O Consórcio Intermunicipal do Grande ABC informou que, em 15 dias, 1.200 inscrições foram confirmadas para os cursos oferecidos pela Escola de Governo e Desenvolvimento Regional. Segundo a entidade, o projeto tem como objetivo “oferecer qualificação, aperfeiçoamento e formação para servidores públicos municipais das sete cidades e para a sociedade civil, por meio da promoção e socialização de práticas e conhecimentos de políticas públicas”. Para efetuar a inscrição, o interessado precisa acessar o site https://escoladegoverno.consorciograndeabc.page/.

Reunião
Líder do governo do prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB), e potencial candidato a deputado na eleição do ano que vem, Professor Minhoca (PSDB) se encontrou na segunda-feira com José Auricchio Júnior (PSDB), que está à espera do julgamento de recurso no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) para saber se vai ou não para o quarto mandato na Prefeitura de São Caetano.
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

A nova licitação de Estevão Camolesi

Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

21/04/2021 | 00:28


O presidente da Câmara de São Bernardo, Estevão Camolesi (PSDB), deu início a um processo licitatório para contratação de empresa terceirizada para fazer a gestão informatizada do sistema de compras, licitações e contratos do Legislativo local. A estimativa da casa é gastar R$ 495,9 mil, em um período de 12 meses, com o acordo. Mas o assunto já está dando o que falar nos gabinetes, até porque, Camolesi assumiu o comando da Câmara com promessa de corte de gastos e revisão de contratos. Entre vereadores que questionam o trabalho de Camolesi, o comentário era o de que essa será uma despesa evitável, até porque, o governo do Estado, por meio da BEC (Bolsa Eletrônica de Compras), fornece esse serviço de forma gratuita – basta o órgão público solicitar, via ofício, a possibilidade de compartilhamento do conhecimento. Na sessão de amanhã, há possibilidade de o tema pautar conversas com Camolesi.

BASTIDORES

Relações
A dirigente do Complexo Hospitalar de São Caetano, entidade jurídica criada para gerenciar a relação da Prefeitura com a FUABC (Fundação do ABC), é Stefânia Wludarski, que está na função desde 2020, em substituição a Filinto de Almeida Teixeira. Apesar de boa relação com figuras do primeiro escalão do Palácio da Cerâmica, Stefânia tem um passado de proximidade com um governo petista. Em 2017, por exemplo, ela foi designada pelo prefeito Edinho Silva (PT), de Araraquara, para ser gestora de projetos da Secretaria de Saúde do município do Interior. Edinho é uma das figuras consideradas do alto comando do petismo – foi, inclusive, ministro-chefe da Casa Civil da ex-presidente Dilma Rousseff (PT).

Comissão – 1
A comissão especial montada na Câmara de São Bernardo para debater o aumento da violência contra a mulher elegeu ontem os integrantes. Danilo Lima (PSDB), autor da proposta, vai presidir os trabalhos e terá Julinho Fuzari (DEM) como relator. Ana Nice (PT) será vice-presidente do colegiado interno, que terá 120 dias de funcionamento – prazo prorrogável por igual período.

Comissão – 2
“Embora seja um tema sobe o qual nós, vereadores, não tenhamos poder para legislar, podemos sim verificar e propor medidas. Vamos atacar esse problema e levar os levantamentos e as conclusões da comissão especial a outras esferas legislativas, como a Assembleia Legislativa e à Câmara Federal. Temos que encontrar alternativas para cuidar de nossas munícipes”, comentou Danilo.

Mudança de rua
A vereadora Bruna Biondi (Psol), do mandato coletivo Mulheres por Mais Direitos, protocolou na Câmara de São Caetano proposta para retirar a homenagem feita a Samuel Klein, fundador da Casas Bahia, em nome de rua na cidade. A alegação da parlamentar é a de que foi revelada série de denúncias de crimes sexuais envolvendo Samuel, que morreu em 2014, e seu filho Saul Klein (ex-PSD) – denúncia feita pela Agência Pública. Bruna sugere que a via passe a ser denominada Rua 8 de Março, dia internacional das mulheres.

Inscrições
O Consórcio Intermunicipal do Grande ABC informou que, em 15 dias, 1.200 inscrições foram confirmadas para os cursos oferecidos pela Escola de Governo e Desenvolvimento Regional. Segundo a entidade, o projeto tem como objetivo “oferecer qualificação, aperfeiçoamento e formação para servidores públicos municipais das sete cidades e para a sociedade civil, por meio da promoção e socialização de práticas e conhecimentos de políticas públicas”. Para efetuar a inscrição, o interessado precisa acessar o site https://escoladegoverno.consorciograndeabc.page/.

Reunião
Líder do governo do prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB), e potencial candidato a deputado na eleição do ano que vem, Professor Minhoca (PSDB) se encontrou na segunda-feira com José Auricchio Júnior (PSDB), que está à espera do julgamento de recurso no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) para saber se vai ou não para o quarto mandato na Prefeitura de São Caetano.
 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;