Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 14 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Morre o padre José Aguirre Suberviola da Paróquia Santa Maria de São Bernardo

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Do Diário do Grande ABC

20/04/2021 | 17:58


Nesta terça-feira (20), a Diocese de Santo André informou a morte do padre José Aguirre Suberviola, aos 83 anos. Ele era o pároco emérito da Paróquia Santa Maria, em São Bernardo. O padre sofreu parada cardíaca no Hospital e Maternidade Assunção, onde estava internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva). O bispo da Diocese, Dom Pedro Carlos Cipollini, comentou sobre o legado que o sacerdote deixa para a região. “Trabalhou como missionário em uma vasta área de São Bernardo, na Paróquia Santa Maria, no Bairro Demarchi. Fruto de sua dedicação e trabalho missionário são as paróquias de Santo Antônio, no Bairro Batistini, São Benedito, no Bairro dos Casa e toda a Região Pastoral Anchieta, onde foram surgindo várias comunidades”, destaca.

“A este incansável missionário, muito humano, de uma dedicação total ao Povo de Deus, queremos agradecer de coração. Nossa Diocese bendiz a Deus pelo dom do seu sacerdócio, pela sua resiliência durante longo período de doença crônica, sua perseverança no ministério, sua inquietação pelos rumos da missão e seu amor à Igreja”, complementa.

À frente da Paróquia Santa Maria, no Bairro Demarchi, ao longo dos últimos sete anos (2014-2020), o padre Gonise revelou que  Aguirre era chamado pelos fiéis da paróquia, de “o padre construtor”. “Construiu diversas capelas na Região São Bernardo - Anchieta, batizou, fez muitas primeiras eucaristias, realizou inúmeros casamentos. Com certeza lançou as sementes do Reino de Deus e conseguimos perceber essas sementes germinadas no momento presente em que vivemos. Com certeza seu legado de trabalho e de evangelização eterniza sua memória”, avalia Gonise, coordenador da Região Pastoral da Anchieta.

HISTÓRIA

Filho de Severino Aguirre e Gregoria Suberviola, José Aguirre nasceu na cidade de Arellano na Espanha, no dia 8 de setembro de 1937. Cursou filosofia e teologia em São Sebastián, na Espanha, e licenciatura em História, na USP, no Brasil. Foi ordenado presbítero em 9 de julho de 1961. Dez anos depois chegou à Diocese de Santo André, onde passou pelas paróquias São Judas Tadeu (São Bernardo), Imaculada Conceição, a Igreja Matriz de Diadema, até ser nomeado pároco da Paróquia Santa Maria, no Bairro Demarchi, em São Bernardo, onde permaneceu de 1977 a 2013. Contribuiu ainda como diretor espiritual da Renovação Carismática Católica e coordenador regional em São Bernardoo e Diadema. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Morre o padre José Aguirre Suberviola da Paróquia Santa Maria de São Bernardo

Do Diário do Grande ABC

20/04/2021 | 17:58


Nesta terça-feira (20), a Diocese de Santo André informou a morte do padre José Aguirre Suberviola, aos 83 anos. Ele era o pároco emérito da Paróquia Santa Maria, em São Bernardo. O padre sofreu parada cardíaca no Hospital e Maternidade Assunção, onde estava internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva). O bispo da Diocese, Dom Pedro Carlos Cipollini, comentou sobre o legado que o sacerdote deixa para a região. “Trabalhou como missionário em uma vasta área de São Bernardo, na Paróquia Santa Maria, no Bairro Demarchi. Fruto de sua dedicação e trabalho missionário são as paróquias de Santo Antônio, no Bairro Batistini, São Benedito, no Bairro dos Casa e toda a Região Pastoral Anchieta, onde foram surgindo várias comunidades”, destaca.

“A este incansável missionário, muito humano, de uma dedicação total ao Povo de Deus, queremos agradecer de coração. Nossa Diocese bendiz a Deus pelo dom do seu sacerdócio, pela sua resiliência durante longo período de doença crônica, sua perseverança no ministério, sua inquietação pelos rumos da missão e seu amor à Igreja”, complementa.

À frente da Paróquia Santa Maria, no Bairro Demarchi, ao longo dos últimos sete anos (2014-2020), o padre Gonise revelou que  Aguirre era chamado pelos fiéis da paróquia, de “o padre construtor”. “Construiu diversas capelas na Região São Bernardo - Anchieta, batizou, fez muitas primeiras eucaristias, realizou inúmeros casamentos. Com certeza lançou as sementes do Reino de Deus e conseguimos perceber essas sementes germinadas no momento presente em que vivemos. Com certeza seu legado de trabalho e de evangelização eterniza sua memória”, avalia Gonise, coordenador da Região Pastoral da Anchieta.

HISTÓRIA

Filho de Severino Aguirre e Gregoria Suberviola, José Aguirre nasceu na cidade de Arellano na Espanha, no dia 8 de setembro de 1937. Cursou filosofia e teologia em São Sebastián, na Espanha, e licenciatura em História, na USP, no Brasil. Foi ordenado presbítero em 9 de julho de 1961. Dez anos depois chegou à Diocese de Santo André, onde passou pelas paróquias São Judas Tadeu (São Bernardo), Imaculada Conceição, a Igreja Matriz de Diadema, até ser nomeado pároco da Paróquia Santa Maria, no Bairro Demarchi, em São Bernardo, onde permaneceu de 1977 a 2013. Contribuiu ainda como diretor espiritual da Renovação Carismática Católica e coordenador regional em São Bernardoo e Diadema. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;