Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 21 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Democratas devem propor alteração de salário mínimo no pacote de Biden

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


01/03/2021 | 03:57


Senadores democratas devem apresentar ainda nesta semana uma proposta de alteração da cláusula de aumento do salário mínimo federal no pacote fiscal de US$ 1,9 trilhão proposto pelo presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, e aprovado pela Câmara dos Deputados na última sexta-feira, 27. A mudança deve ser necessária para que o partido consiga aprovar o pacote sem apoio dos republicanos, que controlam metade do Senado.

Segundo uma fonte familiarizada com o assunto, os senadores democratas avaliam propor como alternativa a imposição de multas a empresas com pelo menos US$ 2,5 bilhões em receitas brutas que não paguem aos seus trabalhadores um mínimo de US$ 15 por hora. Eles ainda estudam a criação de incentivos tributários para que pequenas empresas paguem esse mínimo aos seus funcionários.

O pacote aprovado na Câmara prevê o aumento do salário mínimo dos atuais US$ 7,25 por hora para US$ 15,0 por hora. Mas, segundo um consultor do Senado, essa cláusula não se adequa às regras que os democratas precisam seguir para aprovar o pacote por maioria simples, sem apoio dos republicanos.

Os dois partidos dividem o Senado, com 50 cadeiras cada. A vice-presidente Kamala Harris define o resultado da votação em casos de empate.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Democratas devem propor alteração de salário mínimo no pacote de Biden


01/03/2021 | 03:57


Senadores democratas devem apresentar ainda nesta semana uma proposta de alteração da cláusula de aumento do salário mínimo federal no pacote fiscal de US$ 1,9 trilhão proposto pelo presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, e aprovado pela Câmara dos Deputados na última sexta-feira, 27. A mudança deve ser necessária para que o partido consiga aprovar o pacote sem apoio dos republicanos, que controlam metade do Senado.

Segundo uma fonte familiarizada com o assunto, os senadores democratas avaliam propor como alternativa a imposição de multas a empresas com pelo menos US$ 2,5 bilhões em receitas brutas que não paguem aos seus trabalhadores um mínimo de US$ 15 por hora. Eles ainda estudam a criação de incentivos tributários para que pequenas empresas paguem esse mínimo aos seus funcionários.

O pacote aprovado na Câmara prevê o aumento do salário mínimo dos atuais US$ 7,25 por hora para US$ 15,0 por hora. Mas, segundo um consultor do Senado, essa cláusula não se adequa às regras que os democratas precisam seguir para aprovar o pacote por maioria simples, sem apoio dos republicanos.

Os dois partidos dividem o Senado, com 50 cadeiras cada. A vice-presidente Kamala Harris define o resultado da votação em casos de empate.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;