Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 18 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Jovens são encontrados na Anchieta
depois de 43 horas desaparecidos

Reprodução Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Cinco adolescentes saíram de Mauá na segunda-feira, às 3h30, e deixaram bilhetes para os pais com informações contraditórias


Bia Moço
Do Diário do Grande ABC

09/02/2021 | 19:17


Cinco jovens foram encontrados pela Polícia Rodoviária no km 35 da Rodovia Anchieta, por volta das 22h30 de ontem, depois de terem desaparecido na madrugada de segunda-feira, às 3h30, em Mauá. Segundo os policiais, os menores informaram que saíram para acampar e que retornariam em breve para suas casas.

Os amigos tinham entre 14 e 15 anos, três são moradores de Mauá e dois de Campinas, no Interior. Eles teriam saído de suas casas escondidos, deixando aos pais carta de despedida pedindo que não se preocupassem, avisando ainda que voltariam em breve, porém, sem deixar detalhes do destino e data de retorno. Os recados informavam também que os jovens estariam em uma “missão”, que seria “no nome do nosso Senhor”.

As famílias registraram boletins de ocorrência e acionaram as polícias Civil e Militar sobre o desaparecimento. Os tutores acreditavam que os garotos teriam sido influenciados por outra pessoa. Além disso, um sexto jovem teria desistido da viagem e informado aos pais dos colegas que teria sido ameaçado, além de que os jovens poderiam estar sob risco.

Nas conversas mostradas por um dos adolescentes, um dos amigos dá as orientações sobre a saída do grupo. Ele escreveu que os menores deveriam se encontrar em Mauá, informando que depois iriam de trem para Rio Grande da Serra, seguindo até a Praia Grande, no Litoral Paulista. O grupo combinou ainda formas de enganar familiares e a polícia, dizendo que ninguém os acharia, pois dariam informações erradas e confundiriam as investigação. Um dos jovens instrui ainda os colegas a deixarem cartas aos pais que auxiliassem nesse processo.

Depois da repercussão nas mídias sociais, na tarde de ontem um ciclista fotografou os adolescentes caminhando na mata da Estrada do Sal, em São Bernardo. O caminho passa por Ribeirão Pires e vai até Paranapiacaba. De acordo com depoimento para a polícia, o ciclista questionou o grupo, que teria dito que voltaria para casa apenas no sábado. As famílias reconheceram os filhos nas imagens.

As buscas só terminaram quando os cinco foram encontrados. O tenente Fernando Frederico, da Polícia Rodoviária, disse que a corporação recebeu denúncia de que cinco indivíduos estariam transitando pelo km 33 da Anchieta, em São Bernardo, em atitude suspeita. A denunciante informou ainda que teria visto a notícia do desaparecimento e que as pessoas se assemelhavam às características. Diante das informações, os agentes foram até o local e encontraram os adolescentes.

A equipe de reportagem do Diário ouviu a mãe de um dos jovens, Maria Gorete Cardoso dos Santos, 55 anos, antes e depois do encontro do filho. Ela contou que o adolescente não costuma sair e que não havia percebido sinais de que pensaria em fugir, a não ser uma agressividade distinta no domingo. “Não (deu sinais), em nenhum momento (que iria fugir). Fingiu muito bem”, lamentou a mãe.

O pai de um outro jovem, Álvaro Justino Lyra, 57, registrou boletim de ocorrência em Campinas. Segundo ele, filho e um amigo já haviam informado a possibilidade da ação. O pai explica que os meninos são frequentadores da igreja. “Eles combinaram de fugir de casa para levar a palavra de Deus para as pessoas”, disse o pai. “Agora (que foram encontrados) estou mais calmo”, disse Álvaro.

 

 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Jovens são encontrados na Anchieta
depois de 43 horas desaparecidos

Cinco adolescentes saíram de Mauá na segunda-feira, às 3h30, e deixaram bilhetes para os pais com informações contraditórias

Bia Moço
Do Diário do Grande ABC

09/02/2021 | 19:17


Cinco jovens foram encontrados pela Polícia Rodoviária no km 35 da Rodovia Anchieta, por volta das 22h30 de ontem, depois de terem desaparecido na madrugada de segunda-feira, às 3h30, em Mauá. Segundo os policiais, os menores informaram que saíram para acampar e que retornariam em breve para suas casas.

Os amigos tinham entre 14 e 15 anos, três são moradores de Mauá e dois de Campinas, no Interior. Eles teriam saído de suas casas escondidos, deixando aos pais carta de despedida pedindo que não se preocupassem, avisando ainda que voltariam em breve, porém, sem deixar detalhes do destino e data de retorno. Os recados informavam também que os jovens estariam em uma “missão”, que seria “no nome do nosso Senhor”.

As famílias registraram boletins de ocorrência e acionaram as polícias Civil e Militar sobre o desaparecimento. Os tutores acreditavam que os garotos teriam sido influenciados por outra pessoa. Além disso, um sexto jovem teria desistido da viagem e informado aos pais dos colegas que teria sido ameaçado, além de que os jovens poderiam estar sob risco.

Nas conversas mostradas por um dos adolescentes, um dos amigos dá as orientações sobre a saída do grupo. Ele escreveu que os menores deveriam se encontrar em Mauá, informando que depois iriam de trem para Rio Grande da Serra, seguindo até a Praia Grande, no Litoral Paulista. O grupo combinou ainda formas de enganar familiares e a polícia, dizendo que ninguém os acharia, pois dariam informações erradas e confundiriam as investigação. Um dos jovens instrui ainda os colegas a deixarem cartas aos pais que auxiliassem nesse processo.

Depois da repercussão nas mídias sociais, na tarde de ontem um ciclista fotografou os adolescentes caminhando na mata da Estrada do Sal, em São Bernardo. O caminho passa por Ribeirão Pires e vai até Paranapiacaba. De acordo com depoimento para a polícia, o ciclista questionou o grupo, que teria dito que voltaria para casa apenas no sábado. As famílias reconheceram os filhos nas imagens.

As buscas só terminaram quando os cinco foram encontrados. O tenente Fernando Frederico, da Polícia Rodoviária, disse que a corporação recebeu denúncia de que cinco indivíduos estariam transitando pelo km 33 da Anchieta, em São Bernardo, em atitude suspeita. A denunciante informou ainda que teria visto a notícia do desaparecimento e que as pessoas se assemelhavam às características. Diante das informações, os agentes foram até o local e encontraram os adolescentes.

A equipe de reportagem do Diário ouviu a mãe de um dos jovens, Maria Gorete Cardoso dos Santos, 55 anos, antes e depois do encontro do filho. Ela contou que o adolescente não costuma sair e que não havia percebido sinais de que pensaria em fugir, a não ser uma agressividade distinta no domingo. “Não (deu sinais), em nenhum momento (que iria fugir). Fingiu muito bem”, lamentou a mãe.

O pai de um outro jovem, Álvaro Justino Lyra, 57, registrou boletim de ocorrência em Campinas. Segundo ele, filho e um amigo já haviam informado a possibilidade da ação. O pai explica que os meninos são frequentadores da igreja. “Eles combinaram de fugir de casa para levar a palavra de Deus para as pessoas”, disse o pai. “Agora (que foram encontrados) estou mais calmo”, disse Álvaro.

 

 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;