Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 26 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

São Caetano se articula para absorver demanda de novo pico da Covid

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Cirurgias eletivas estão suspensas e tenda da carreta de atendimento será ampliada; cidade inaugura o Atende Fácil da Saúde em janeiro


Aline Melo
Do Diário do Grande ABC

27/11/2020 | 00:01


Atenta à alta no número de casos e mortes por Covid, a Prefeitura de São Caetano se movimenta para dar conta da demanda. Além de projetar a entrega do Atende Fácil Saúde para janeiro – equipamento que vai desafogar o sistema municipal de saúde –, a cidade suspendeu, desde a semana passada, cirurgias eletivas, entre outras ações. Intervenções oncológicas e de urgência são as únicas que são realizadas normalmente. O objetivo é que haja leitos suficientes para atender pacientes infectados com o coronavírus, além dos casos clínicos urgentes que o sistema de saúde absorve diariamente.

A secretária de Saúde do município, Regina Maura Zetone, explicou que está sendo ampliada a tenda de espera e o horário de atendimento na Carreta Saúde em Movimento, que atende pessoas com sintomas gripais. O equipamento agora funciona das 7h até meia-noite. “Temos recebido número cada vez maior de pacientes jovens, mas também pessoas sem sintomas que apenas querem fazer o teste”, relatou. “Por isso, vamos examinas apenas quem tem sintomas graves e com indicação de internação. Lembrando que não é seguro permanecer em locais com pacientes potencialmente contaminados, justamente pelo risco de infecção”, alertou.

Além dos 18 leitos ambulatoriais e das 40 vagas de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) disponíveis para tratamento específico de Covid-19 na cidade, o município pode, se necessário, abrir outros dez leitos ambulatoriais em caso de necessidade. São Caetano tem, até o momento, 4.958 diagnósticos e 263 mortes em decorrência da doença.

ATENDE FÁCIL

A Prefeitura de São Caetano pretende concluir em janeiro as obras do Atende Fácil Saúde, que vai funcionar em área de 3.000 metros quadrados na esquina das avenidas Goiás e Senador Roberto Simonsen, no Centro. O equipamento terá centro de especialidades médicas com 16 consultórios; centro de diagnósticos de análises clínicas e por imagem (ultrassom, tomografia, ecocardiograma e ressonância magnética, entre outros); centro de atenção geriátrica, com profissionais especializados no trato com a terceira idade; e farmácia pública 24 horas.

OUTRAS MEDIDAS

O Consórcio Intermunicipal do Grande ABC oficiou a Secretaria de Estado da Saúde e pediu a abertura de mais leitos para Covid nos hospitais estaduais Mário Covas e Diadema, porque as cidades estão sobrecarregadas com demandas de outros municípios, especialmente de São Paulo. “Todas as cidades estão se organizando para atender sua população, mas precisamos do apoio do Estado”, afirmou o colegiado. 

A Secretaria de Estado informou que analisa o pedido e que os hospitais citados contam, juntos, com 62 leitos para Covid-19, sendo 21 de UTI.

Santo André suspende música ao vivo em comércios e bares da cidade

A Prefeitura de Santo André publicou ontem o decreto de número 17.534, que suspende, temporariamente, as apresentações musicais ao vivo em bares e estabelecimentos comerciais no município. De acordo com o documento, a decisão foi tomada para conter a aglomeração de pessoas.

Alta recente do número de casos entre pessoas da faixa etária dos 20 aos 40 anos de idade também motivou a suspensão das apresentações. “Caberá às secretarias e órgãos municipais, dentro de suas competências, em caso de descumprimento deste decreto, fiscalizarem e adotar medidas para revogar o alvará de funcionamento, multar ou interditar os estabelecimentos comerciais”, ressalta decreto.

“A cidade permanece com todas as ações preventivas e protocolos sanitários para conter a disseminação da Covid-19. Por isso, intensificar a fiscalização e as medidas que assegurem o distanciamento é um gesto de cuidado e proteção à vida”, assegurou o prefeito Paulo Serra (PSDB).

No último fim de semana foram realizadas 99 fiscalizações, que resultaram na interdição de nove estabelecimentos, sete multas, além de outras 12 notificações. A cidade espera agora a reavaliação do governo do Estado sobre a situação dos municípios dentro do Plano São Paulo, que será divulgado na segunda-feira.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

São Caetano se articula para absorver demanda de novo pico da Covid

Cirurgias eletivas estão suspensas e tenda da carreta de atendimento será ampliada; cidade inaugura o Atende Fácil da Saúde em janeiro

Aline Melo
Do Diário do Grande ABC

27/11/2020 | 00:01


Atenta à alta no número de casos e mortes por Covid, a Prefeitura de São Caetano se movimenta para dar conta da demanda. Além de projetar a entrega do Atende Fácil Saúde para janeiro – equipamento que vai desafogar o sistema municipal de saúde –, a cidade suspendeu, desde a semana passada, cirurgias eletivas, entre outras ações. Intervenções oncológicas e de urgência são as únicas que são realizadas normalmente. O objetivo é que haja leitos suficientes para atender pacientes infectados com o coronavírus, além dos casos clínicos urgentes que o sistema de saúde absorve diariamente.

A secretária de Saúde do município, Regina Maura Zetone, explicou que está sendo ampliada a tenda de espera e o horário de atendimento na Carreta Saúde em Movimento, que atende pessoas com sintomas gripais. O equipamento agora funciona das 7h até meia-noite. “Temos recebido número cada vez maior de pacientes jovens, mas também pessoas sem sintomas que apenas querem fazer o teste”, relatou. “Por isso, vamos examinas apenas quem tem sintomas graves e com indicação de internação. Lembrando que não é seguro permanecer em locais com pacientes potencialmente contaminados, justamente pelo risco de infecção”, alertou.

Além dos 18 leitos ambulatoriais e das 40 vagas de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) disponíveis para tratamento específico de Covid-19 na cidade, o município pode, se necessário, abrir outros dez leitos ambulatoriais em caso de necessidade. São Caetano tem, até o momento, 4.958 diagnósticos e 263 mortes em decorrência da doença.

ATENDE FÁCIL

A Prefeitura de São Caetano pretende concluir em janeiro as obras do Atende Fácil Saúde, que vai funcionar em área de 3.000 metros quadrados na esquina das avenidas Goiás e Senador Roberto Simonsen, no Centro. O equipamento terá centro de especialidades médicas com 16 consultórios; centro de diagnósticos de análises clínicas e por imagem (ultrassom, tomografia, ecocardiograma e ressonância magnética, entre outros); centro de atenção geriátrica, com profissionais especializados no trato com a terceira idade; e farmácia pública 24 horas.

OUTRAS MEDIDAS

O Consórcio Intermunicipal do Grande ABC oficiou a Secretaria de Estado da Saúde e pediu a abertura de mais leitos para Covid nos hospitais estaduais Mário Covas e Diadema, porque as cidades estão sobrecarregadas com demandas de outros municípios, especialmente de São Paulo. “Todas as cidades estão se organizando para atender sua população, mas precisamos do apoio do Estado”, afirmou o colegiado. 

A Secretaria de Estado informou que analisa o pedido e que os hospitais citados contam, juntos, com 62 leitos para Covid-19, sendo 21 de UTI.

Santo André suspende música ao vivo em comércios e bares da cidade

A Prefeitura de Santo André publicou ontem o decreto de número 17.534, que suspende, temporariamente, as apresentações musicais ao vivo em bares e estabelecimentos comerciais no município. De acordo com o documento, a decisão foi tomada para conter a aglomeração de pessoas.

Alta recente do número de casos entre pessoas da faixa etária dos 20 aos 40 anos de idade também motivou a suspensão das apresentações. “Caberá às secretarias e órgãos municipais, dentro de suas competências, em caso de descumprimento deste decreto, fiscalizarem e adotar medidas para revogar o alvará de funcionamento, multar ou interditar os estabelecimentos comerciais”, ressalta decreto.

“A cidade permanece com todas as ações preventivas e protocolos sanitários para conter a disseminação da Covid-19. Por isso, intensificar a fiscalização e as medidas que assegurem o distanciamento é um gesto de cuidado e proteção à vida”, assegurou o prefeito Paulo Serra (PSDB).

No último fim de semana foram realizadas 99 fiscalizações, que resultaram na interdição de nove estabelecimentos, sete multas, além de outras 12 notificações. A cidade espera agora a reavaliação do governo do Estado sobre a situação dos municípios dentro do Plano São Paulo, que será divulgado na segunda-feira.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;