Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 26 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Em 24 dias, região supera casos de Covid de outubro

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Média diária nesta semana é de 536 infecções, maior número desde o fim de julho; registros de óbitos também crescem


Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

26/11/2020 | 00:01


O Grande ABC precisou de apenas 24 dias de novembro para superar o número de diagnósticos positivos da Covid em 31 dias de outubro. No mês passado, foram 7.977 infectados, contra 8.304 contaminados até terça-feira, segundo os boletins epidemiológicos enviados pelas prefeituras.

A alta reflete na média de novos casos diários. Nesta semana, a taxa é de 536, superior aos 424 da semana anterior. É a maior marca desde o fim de julho, quando foram 714 novas contaminações por dia. No total, são 81.681 diagnósticos positivos nas sete cidades em 252 dias de pandemia, média de 324 a cada 24 horas.
Em relação ao número de mortes, a região rompeu a média de dez nesta semana, com 41 óbitos em quatro dias. Isso não acontecia desde o fim de setembro, quando foram computadas 12 perdas, em média, a cada 24 horas.

São Bernardo segue puxando a alta na região. Foram mais seis mortes e 154 novos casos computados em 24 horas, com total de 1.029 e 33.350, respectivamente. A cidade é seguida por Santo André (675 óbitos e 23.059 positivos), Diadema (499 baixas e 10.696 contaminados), Mauá (378 perdas e 6.983 infectados), São Caetano (262 falecimentos e 4.916 casos), Ribeirão Pires (103 mortes e 2.026 diagnósticos) e Rio Grande da Serra (27 baixas e 651 infectados). São pelo menos 67.685 pacientes recuperados da doença.

No Estado, a pandemia também mostra sinais de avanço. Foram contabilizadas 146 mortes e mais 8.900 casos positivos, totalizando 41.601 óbitos e 1.224.744 infectados. Entre o total de casos diagnosticados de Covid, 1.084.660 pessoas estão recuperadas, sendo que 131.896 foram internadas e já tiveram alta hospitalar.
As taxas de ocupação dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) são de 56,7% na Grande São Paulo e 49,2% no Estado. O número de pacientes internados é de 9.175, sendo 5.309 em enfermaria e 3.866 em unidades de terapia intensiva. Até ontem, os 645 municípios tinham pelo menos uma pessoa infectada, sendo 597 com um ou mais óbitos.

No Brasil, a pandemia já gerou 6.166.606 infectados. Nas últimas 24 horas, foram registrados 47.898 casos positivos. O número é 54% maior do que o acréscimo de ontem, quando foram adicionados às estatísticas 31,1 mil registros. O número total de óbitos é de 170.769, com 654 registrados nas últimas 24 horas. Ainda há 2.177 óbitos em investigação.

Uma das piores situações no Brasil é no Estado do Rio de Janeiro, que ontem tinha ocupação de 85% dos leitos públicos de UTI destacados para a doença. (com Agências) 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Em 24 dias, região supera casos de Covid de outubro

Média diária nesta semana é de 536 infecções, maior número desde o fim de julho; registros de óbitos também crescem

Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

26/11/2020 | 00:01


O Grande ABC precisou de apenas 24 dias de novembro para superar o número de diagnósticos positivos da Covid em 31 dias de outubro. No mês passado, foram 7.977 infectados, contra 8.304 contaminados até terça-feira, segundo os boletins epidemiológicos enviados pelas prefeituras.

A alta reflete na média de novos casos diários. Nesta semana, a taxa é de 536, superior aos 424 da semana anterior. É a maior marca desde o fim de julho, quando foram 714 novas contaminações por dia. No total, são 81.681 diagnósticos positivos nas sete cidades em 252 dias de pandemia, média de 324 a cada 24 horas.
Em relação ao número de mortes, a região rompeu a média de dez nesta semana, com 41 óbitos em quatro dias. Isso não acontecia desde o fim de setembro, quando foram computadas 12 perdas, em média, a cada 24 horas.

São Bernardo segue puxando a alta na região. Foram mais seis mortes e 154 novos casos computados em 24 horas, com total de 1.029 e 33.350, respectivamente. A cidade é seguida por Santo André (675 óbitos e 23.059 positivos), Diadema (499 baixas e 10.696 contaminados), Mauá (378 perdas e 6.983 infectados), São Caetano (262 falecimentos e 4.916 casos), Ribeirão Pires (103 mortes e 2.026 diagnósticos) e Rio Grande da Serra (27 baixas e 651 infectados). São pelo menos 67.685 pacientes recuperados da doença.

No Estado, a pandemia também mostra sinais de avanço. Foram contabilizadas 146 mortes e mais 8.900 casos positivos, totalizando 41.601 óbitos e 1.224.744 infectados. Entre o total de casos diagnosticados de Covid, 1.084.660 pessoas estão recuperadas, sendo que 131.896 foram internadas e já tiveram alta hospitalar.
As taxas de ocupação dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) são de 56,7% na Grande São Paulo e 49,2% no Estado. O número de pacientes internados é de 9.175, sendo 5.309 em enfermaria e 3.866 em unidades de terapia intensiva. Até ontem, os 645 municípios tinham pelo menos uma pessoa infectada, sendo 597 com um ou mais óbitos.

No Brasil, a pandemia já gerou 6.166.606 infectados. Nas últimas 24 horas, foram registrados 47.898 casos positivos. O número é 54% maior do que o acréscimo de ontem, quando foram adicionados às estatísticas 31,1 mil registros. O número total de óbitos é de 170.769, com 654 registrados nas últimas 24 horas. Ainda há 2.177 óbitos em investigação.

Uma das piores situações no Brasil é no Estado do Rio de Janeiro, que ontem tinha ocupação de 85% dos leitos públicos de UTI destacados para a doença. (com Agências) 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;