Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 26 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

EC São Bernardo define perfil de reforços

Presidente diz que jogadores serão contratados ‘baseados em personalidade’ por bom ambiente


Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

24/11/2020 | 00:01


O EC São Bernardo não tem mais compromissos em campo nesta temporada, mas segue muito ativo fora das quatro linhas. Isso porque o Cachorrão está em fase de planejamento e montagem de elenco para sua reestreia na Série A-2 do Campeonato Paulista, em 2021, após 31 anos. E o presidente Felipinho Cheidde indicou quais as características dos reforços que estão sendo buscados pela diretoria e pelo técnico Renato Peixe, além de confirmar – sem citar nomes – que jogadores do elenco que conquistou o acesso na A-3 poderão permanecer.

“O primeiro passo está sendo manter alguns atletas no grupo, principalmente para ter essa espinha dorsal. Os reforços vão ser baseados em personalidade, já que o fundamental é ter a união do elenco. Este ano isso ficou bem visível, uma vez que foram poucos problemas internos. E quando apareceram eles mesmo resolveram. Mostraram muita maturidade juntamente com a comissão técnica”, declarou o mandatário alvinegro.

O acesso, segundo ele, foi fundamental para o crescimento do Cachorrão. E o sucesso teve como um dos pilares o bom ambiente montado pelo executivo de futebol Fernando Fernandes e por Renato Peixe. “Demos um passo importante na profissionalização do clube. Temos excelentes trabalhadores, liderados pelo Fabiano Fernandes e pelo Renato Peixe, que tiveram discernimento na escolha de atletas comprometidos com o EC São Bernardo. A coisa mais importante para uma equipe é o bom ambiente de trabalho. E tivemos isso com liderança e equilíbrio de cada um. Desde o princípio visamos o acesso, demos as condições e os profissionais exerceram as funções com excelência”, explicou o dirigente, que admitiu propostas recebidas para parcerias entre empresas e empresários com o clube. “Eu e o Gigio Sareto (vice) estamos avaliando com muita cautela”, esclareceu. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

EC São Bernardo define perfil de reforços

Presidente diz que jogadores serão contratados ‘baseados em personalidade’ por bom ambiente

Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

24/11/2020 | 00:01


O EC São Bernardo não tem mais compromissos em campo nesta temporada, mas segue muito ativo fora das quatro linhas. Isso porque o Cachorrão está em fase de planejamento e montagem de elenco para sua reestreia na Série A-2 do Campeonato Paulista, em 2021, após 31 anos. E o presidente Felipinho Cheidde indicou quais as características dos reforços que estão sendo buscados pela diretoria e pelo técnico Renato Peixe, além de confirmar – sem citar nomes – que jogadores do elenco que conquistou o acesso na A-3 poderão permanecer.

“O primeiro passo está sendo manter alguns atletas no grupo, principalmente para ter essa espinha dorsal. Os reforços vão ser baseados em personalidade, já que o fundamental é ter a união do elenco. Este ano isso ficou bem visível, uma vez que foram poucos problemas internos. E quando apareceram eles mesmo resolveram. Mostraram muita maturidade juntamente com a comissão técnica”, declarou o mandatário alvinegro.

O acesso, segundo ele, foi fundamental para o crescimento do Cachorrão. E o sucesso teve como um dos pilares o bom ambiente montado pelo executivo de futebol Fernando Fernandes e por Renato Peixe. “Demos um passo importante na profissionalização do clube. Temos excelentes trabalhadores, liderados pelo Fabiano Fernandes e pelo Renato Peixe, que tiveram discernimento na escolha de atletas comprometidos com o EC São Bernardo. A coisa mais importante para uma equipe é o bom ambiente de trabalho. E tivemos isso com liderança e equilíbrio de cada um. Desde o princípio visamos o acesso, demos as condições e os profissionais exerceram as funções com excelência”, explicou o dirigente, que admitiu propostas recebidas para parcerias entre empresas e empresários com o clube. “Eu e o Gigio Sareto (vice) estamos avaliando com muita cautela”, esclareceu. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;