Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 21 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Jordan troca Alesi por japonês para 2002


Flavio Gomes
De Suzuka, para o Diário

10/10/2001 | 00:30


  A Honda impôs à Jordan um piloto japonês para disputar a próxima temporada da Fórmula 1. Takuma Sato, 24 anos, foi anunciado nesta quarta como titular da equipe para 2002. Existe uma possibilidade de ele correr já neste fim de semana em Suzuka, na prova que encerra o Mundial. A Honda é a fornecedora de motores da equipe. Com a contratação de Sato, quem perde a vaga é o veterano Jean Alesi.

Ao contrário do que costuma acontecer nas contratações de pilotos, não foi a equipe, mas sim a parceira técnica quem fez o anúncio oficial da chegada de Sato. Ele será o segundo japonês a defender a Jordan na F-1 (Aguri Suzuki disputou o GP do Pacífico em Aida/1994 pelo time) e o 16º a correr na categoria. O último foi Toranosuke Takagi, que correu pela Arrows em 1999 e hoje participa da Cart pela Walker.

Alesi ainda tem uma remota chance de permanecer na F-1, já que algumas vagas ainda estão abertas para 2002. Mas o francês já havia dito que só permaneceria na categoria se ficasse na Jordan. Caso contrário, tentaria algo na Cart.

Se Sato participar do GP do Japão neste domingo, será o quinto piloto a correr pela Jordan no ano. A equipe começou o campeonato com Jarno Trulli e Heinz-Harald Frentzen como titulares. O alemão foi demitido antes da corrida de Hockenheim e em seu lugar correu Ricardo Zonta, que já havia disputado também o GP do Canadá porque Frentzen se recuperava de um acidente. Alesi, que iniciou a temporada na Prost, é titular desde a prova da Hungria.

Neste ano, Sato venceu o Campeonato Inglês de F-3 e foi piloto de testes da BAR, outra equipe que usa motores Honda. A montadora japonesa deu uma compensação financeira à BAR para tirá-lo do time e colocá-lo como titular na Jordan.

Se disputar o GP do Japão e chegar ao final da corrida, Jean Alesi, da Jordan, será o primeiro piloto a terminar todas as provas de uma temporada desde 1964. Naquele ano, o norte-americano Richie Ginther, que corria pela BRM, levou seu carro ao fim dos dez GPs do campeonato.

Arrows – Tom Walkinshaw, dono da Arrows, negou que sua equipe vá ser vendida à Red Bull, fabricante austríaca de bebida energética que tem participação acionária na Sauber. Seu proprietário, Dietrich Mateschitz, teria a intenção de formar um time americano para colocar seus produtos nos EUA. “É especulação antiga”, disse Tom.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;