Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 25 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

O Grêmio de 1930, agora completo...

Moacir Andrade Peres inclui a foto de Otávio Berwanger nesta página, que é completada 90 anos depois “Lara o craque imortal/ Soube seu nome elevar/Hoje com o mesmo ideal/Nós saberemos te honrar.” Versos do Hino Oficial do Grêmio Porto-alegrense, composto por Lupicínio Rodrigues.


Ademir Medici
Do Diário do Grande ABC

10/06/2020 | 00:30


“Eurico Lara defendeu o gol do Grêmio Foot-ball Porto Alegrense durante 16 temporadas – 1920 a 1935. Foi campeão em 11 delas, e virou letra do hino oficial do clube.”
Sidney Barbosa da Silva, no blog campeoesdofutebol.com.br
Por que Memória focaliza nesta série das figurinhas do futebol o Grêmio de Porto Alegre? Quem explica é o desembargador Moacir Andrade Peres, o maior colecionador do gênero no Brasil:
1 – Grêmio de 1930, campeão da cidade de Porto Alegre.
2 – Pensei na página do Otávio Berwanger, frequentador do Memofut e torcedor fanático do Grêmio, um dos mais brilhantes médicos do Brasil.
3 – Como só tenho dez jogadores, fica a sugestão de a foto do doutor ser incluída no espaço faltante, reservado à figurinha original do jogador Sardinha.
4 – Lara, o imortal goleiro do time, tem uma biografia que merece ser lida.

Memofut no Congresso de História do Grande ABC
For sure, eu querer estar nessa congresso, para contar os glórias do Football in ABC!
Vai ser um honra for me, estar com Mr.AdeMemory, Mr.Reborn Doniseven and Mr.Louis Roman. And, of course, Mr.Sundays D''Angel tem que ser nossa Captain!
Charles Miller, incorporado por Sérgio Miranda Paz
A ótima notícia que Memória nos traz, participação do Memofut no Congresso de História do Grande ABC, vem acompanhada de uma descoberta para mim. Há tempos buscava um pseudônimo para o Dr. Sergio Paz. Andei usando ‘ciclista’, ‘doutor’, mas nenhum fazia justiça ao insigne companheiro. Agora descobri um ótimo, ‘Charles Miller’. Utilizarei sempre. Faz justiça ao nosso campeão do fair play.
‘Domingos D’Angelo

Diário há meio século
Quarta-feira, 10 de junho de 1970; ano 12; edição 1255
Manchete – Colber: denúncia vai ao SNI
O chamado “Caso Colber” emocionou a opinião pública da região. A falência da fábrica de cobertores, ao que se afirma fraudulenta, deixou na miséria centenas de operários e suas famílias.
Os trabalhadores, ao retornarem de férias coletivas, encontraram a fábrica fechada e viram-se de repente sem trabalho. Não receberam os salários atrasados e alguns foram obrigados a vender bens que possuíam, comprados com sacrifício, para poder dar alimento aos seus.
Em 10 de junho de...
1915 – Seguia para Campinas o cavalo Kioto, de Antonio Queiroz dos Santos, capitalista de Santo André. Cavalo de raça. Inscrito para disputar o páreo ‘Consolação’, numa distância de 1.420 metros.
1920 – Cúria Metropolitana assinava provisão autorizando a realização de culto por dois oradores de São Bernardo, o casal Sadaichi Takeshita e Maria Scopel Takeshita.
José Takeshita, como era conhecido, foi o primeiro imigrante japonês a se estabelecer em São Bernardo; Maria Scopel, sua mulher, era filha de imigrantes italianos que chegaram ao Núcleo Colonial de São Bernardo no fim do século XIX.
1985 – Desapropriados mais de 300 imóveis para a implantação da rede de trólebus em Santo André.

Santos do dia
- Olívia. Mártir. Viveu no século IX. Padroeira em Palermo, Itália.
- Eduardo João Maria Poppe
- Getúlio e companheiros
- Itamar de Rochester
- Diana do Andalò (Itália, Bolonha, 1201-1236). Religiosa venerada como abençoada pela Igreja.

Etianos (Lembranças dos que estudaram na Escola Técnica Industrial Lauro Gomes (ETILG), depois ETE e Etec, em São Bernardo)
JOSÉ JORGE CARLOS ARAUJO REIS
Eletrônica – Turma de 1984
A ETI me fez defensor do ensino médio profissionalizante de período integral, os resultados no futuro são extraordinários. Bons professores, aulas práticas em laboratórios bem equipados e disciplina tornaram a Lauro Gomes uma escola diferenciada.
Era um ambiente saudável, de muita união, que tinha seu ápice nos Jogos Escolares de São Bernardo, nos quais a ‘nação etiana’ demonstrava sua força – eu era do time de basquete.
Nos meus 35 anos de carreira na área de tecnologia, 26 deles como empresário – apesar da formação superior em administração de empresas com ênfase em análise de sistema –, posso afirmar que a ETI foi minha grande formadora. Muito orgulho em fazer parte desta família. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;