Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 25 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Campanha une profissionais e estudantes de medicina

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

'ABCDoe’ recolhe donativos para auxiliar hospitais e população carente da região


Dérek Bittencourt
Miriam Gimenes
Do Diário do Grande ABC

04/04/2020 | 09:22


Enquanto ainda não há vacina ou cura para a Covid-19, o combate à doença tem como pilares o isolamento social e a solidariedade. É por isso que médicos, residentes, alunos e ex-estudantes de medicina da FMABC (Faculdade de Medicina do ABC) criaram a campanha ABCDoe, que tem como objetivo arrecadar fundos para amenizar os estragos do vírus. As doações serão utilizadas para comprar materiais hospitalares para equipamentos clínicos do Grande ABC, além de itens como cestas básicas, produtos de higiene e de limpeza para as comunidades carentes de toda a região.

Até ontem à noite, após apenas uma semana e meia desde a criação da campanha, a iniciativa já havia arrecadado R$ 22.024,70, além de 1.300 quilos de álcool gel, montante que foi entregue nesta semana a três hospitais públicos do Grande ABC: Hospital Estadual Mário Covas, Centro Hospitalar Municipal de Santo André e Hospital e Pronto-Socorro Central de São Bernardo. As demais arrecadações, assim como os materiais comprados com o dinheiro levantado, serão destinadas a unidades de saúde a partir de segunda-feira.

“O número de pacientes suspeitos e confirmados com a Covid-19 não para de crescer e é grande a preocupação com a eventual falta de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) nas unidades de saúde, como luvas, máscaras, aventais e óculos”, alerta o presidente da Associação dos Médicos Residentes da FMABC e um dos organizadores da campanha ABCDoe, Rodrigo Grizzo Barreto de Chaves. “Estamos trabalhando intensamente para oferecer todos os cuidados necessários e salvar vidas. Mas a epidemia ainda está no início e temos de ter esta preocupação com os dias difíceis que enfrentaremos”, completa.

Segundo ele, a ideia surgiu observando outras iniciativas de sucesso na Capital. “A gente foi influenciado positivamente pelos meninos da USP (Universidade de São Paulo) e da Escola Paulista (de Medicina), que criaram movimentos para ajudar os hospitais deles. Começamos a perceber como o serviço público está despreparado e ficamos preocupados. Não tem muito a quem culpar. Falamos: ‘Vamos tentar resolver’. E estamos todos juntos nessa. Passamos a unir forças com professores, ex-alunos, alunos, criamos grupo grande e a coisa foi rolando”, conta Rodrigo Grizzo. “Temos duas frentes: arrecadar EPIs e materiais de limpeza intra-hospitalar e também ajudar a população. O projeto surgiu com ideia de ‘vamos ajudar, porque vai precisar’. Então quem puder, vem com a gente”, pede o presidente da associação.

Depois de superar algumas burocracias, o grupo descobriu um site que, de maneira legal, pudesse atender às necessidades da ABCDoe. Quem quiser contribuir com a campanha basta acessar o site https://is.gd/oDQ8uG. Doações diretas de cestas básicas, materiais de higiene, limpeza, álcool gel e EPIs hospitalares podem ser informadas pelos telefones (11) 99833-5013 e (11) 99835-8886 – os organizadores solicitam contato prévio para combinar a entrega. A Fundação do ABC disponibilizou sala para armazenamento do material. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Campanha une profissionais e estudantes de medicina

'ABCDoe’ recolhe donativos para auxiliar hospitais e população carente da região

Dérek Bittencourt
Miriam Gimenes
Do Diário do Grande ABC

04/04/2020 | 09:22


Enquanto ainda não há vacina ou cura para a Covid-19, o combate à doença tem como pilares o isolamento social e a solidariedade. É por isso que médicos, residentes, alunos e ex-estudantes de medicina da FMABC (Faculdade de Medicina do ABC) criaram a campanha ABCDoe, que tem como objetivo arrecadar fundos para amenizar os estragos do vírus. As doações serão utilizadas para comprar materiais hospitalares para equipamentos clínicos do Grande ABC, além de itens como cestas básicas, produtos de higiene e de limpeza para as comunidades carentes de toda a região.

Até ontem à noite, após apenas uma semana e meia desde a criação da campanha, a iniciativa já havia arrecadado R$ 22.024,70, além de 1.300 quilos de álcool gel, montante que foi entregue nesta semana a três hospitais públicos do Grande ABC: Hospital Estadual Mário Covas, Centro Hospitalar Municipal de Santo André e Hospital e Pronto-Socorro Central de São Bernardo. As demais arrecadações, assim como os materiais comprados com o dinheiro levantado, serão destinadas a unidades de saúde a partir de segunda-feira.

“O número de pacientes suspeitos e confirmados com a Covid-19 não para de crescer e é grande a preocupação com a eventual falta de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) nas unidades de saúde, como luvas, máscaras, aventais e óculos”, alerta o presidente da Associação dos Médicos Residentes da FMABC e um dos organizadores da campanha ABCDoe, Rodrigo Grizzo Barreto de Chaves. “Estamos trabalhando intensamente para oferecer todos os cuidados necessários e salvar vidas. Mas a epidemia ainda está no início e temos de ter esta preocupação com os dias difíceis que enfrentaremos”, completa.

Segundo ele, a ideia surgiu observando outras iniciativas de sucesso na Capital. “A gente foi influenciado positivamente pelos meninos da USP (Universidade de São Paulo) e da Escola Paulista (de Medicina), que criaram movimentos para ajudar os hospitais deles. Começamos a perceber como o serviço público está despreparado e ficamos preocupados. Não tem muito a quem culpar. Falamos: ‘Vamos tentar resolver’. E estamos todos juntos nessa. Passamos a unir forças com professores, ex-alunos, alunos, criamos grupo grande e a coisa foi rolando”, conta Rodrigo Grizzo. “Temos duas frentes: arrecadar EPIs e materiais de limpeza intra-hospitalar e também ajudar a população. O projeto surgiu com ideia de ‘vamos ajudar, porque vai precisar’. Então quem puder, vem com a gente”, pede o presidente da associação.

Depois de superar algumas burocracias, o grupo descobriu um site que, de maneira legal, pudesse atender às necessidades da ABCDoe. Quem quiser contribuir com a campanha basta acessar o site https://is.gd/oDQ8uG. Doações diretas de cestas básicas, materiais de higiene, limpeza, álcool gel e EPIs hospitalares podem ser informadas pelos telefones (11) 99833-5013 e (11) 99835-8886 – os organizadores solicitam contato prévio para combinar a entrega. A Fundação do ABC disponibilizou sala para armazenamento do material. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;