Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 20 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Greve: empresas de ônibus de Campinas ameaçam demitir


Do Diário do Grande ABC

07/05/1999 | 09:49


A Associaçao das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Campinas (Transurc) ameaça demitir pelo menos 600 dos 4,1 mil trabalhadores que atuam no sistema. A medida foi anunciada nesta sexta-feira pelo presidente da entidade, Armando Damaceno, depois que a Justiça do Trabalho determinou a manutençao de benefícios que os empresários pretendiam cortar. O anúncio do corte motivou uma greve que paralisou totalmente a categoria e deixou 300 mil pessoas sem transporte nesta quinta-feira.

"Se houver demissoes, vamos parar outra vez", reagiu o presidente do Sindicato dos Trabalhadores no Transporte Rodoviário de Campinas e Regiao, Mário de Oliveira Santana. A categoria decidiu suspender a greve ontem, depois da liminar que obriga as empresas a manter o pagamento de vale refeiçao, convênio médico e cestas básicas. Segundo ele, o corte nesses benefícios resultaria numa reduçao de até 40% nos salários dos trabalhadores.

O presidente da Transurc disse que a suspensao dos benefícios resultaria numa economia mensal de R$ 1 milhao para as seis permissionárias que operam o sistema na cidade. Segundo ele, atualmente as empresas registram um prejuízo mensal de R$ 1,4 milhao. Os empresários alegam que a entrada em operaçao das peruas que trabalham com lotaçao afetou a demanda de passageiros que antes dependiam apenas dos ônibus.

Caso as empresas decidam levar adiante a decisao de demitir em massa, os cobradores deverao ser os maiores prejudicados. Damaceno já anunciou que vai pressionar a prefeitura para eliminar essa funçao.

"Nao faz sentido mantermos os cobradores se já dispomos do sistema de bilhetagem eletrônica", disse. Para extinguir o cargo, será necessário alterar a lei municipal que regulamenta a bilhetagem eletrônica. A lei proíbe a demissao de cobradores.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;