Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 19 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Diadema e Ribeirão confirmam primeiros casos de Covid-19

Pacientes são funcionárias da rede pública e trabalham na Capital; Rio Grande da Serra é o único município sem caso registrado


Vinícius Castelli
Yasmin Assagra

23/03/2020 | 00:01


 As prefeituras de Diadema e Ribeirão Pires confirmaram, no início da tarde de ontem, as primeiras informações de infecções pelo novo coronavírus dos municípios. Em ambos os casos se tratam de mulheres, profissionais da área da saúde, que atuam na Capital.

Em Diadema, a paciente está hospitalizada em uma unidade de saúde particular em São Paulo. A Prefeitura não deu mais detalhes sobre seu estado de saúde, mas informou que é moradora de um condomínio na região central de Diadema e que logo que souberam do caso, uma equipe epidemiológica esteve no prédio para realizar a higienização do local.

“Importante ressaltar que o caso está confirmado, mesmo que a secretaria de saúde estadual ainda não tenha o feito oficialmente. Seguimos na procura por informações de pacientes da cidade, mas que são atendidos em outras regiões”, declarou o prefeito do município, Lauro Michels (PV).

Em Ribeirão Pires, a mulher, que tem 38 anos, chegou a ser hospitalizada, mas já recebeu alta e segue em isolamento domiciliar no próprio município. O prefeito da cidade, Adler Teixeira Kiko (PSB), segue pedindo a contribuição de cada cidadão em relação aos isolamentos domiciliares e às medidas de higienes.

“A confirmação pelo Instituto Adolfo Lutz do primeiro caso positivo de coronavírus entre moradores da cidade reforça à população nosso apelo. Adotamos medidas rigorosas nos últimos dias, como proibição de aglomerações e permanência em espaços públicos. O momento exige seriedade nas ações do Poder Público”, afirma.

Com estes dois novos casos, a região chega a 24 pacientes infectados, sendo 10 em São Caetano – município com maior número –, seis em Santo André, cinco em São Bernardo, um em Mauá, um em Diadema e um em Ribeirão Pires. A cidade de Rio Grande da Serra continua sem nenhum caso confirmado da doença.

Além disso, já são 858 casos suspeitos – Santo André (110), São Bernardo (366), São Caetano (154), Diadema (112), Mauá (86), Ribeirão Pires (24) e Rio Grande da Serra (6) –, além de quatro mortes sob investigação – uma em São Caetano e três em Santo André.

APLICATIVO
O prefeito de Santo André Paulo Serra (PSDB) fez outra live na noite de ontem, por meio de suas redes sociais, e aproveitou para falar sobre o aplicativo Colab, que agora serve também para que as pessoas denunciem, no campo ‘coronavírus’, casos de aglomeração de pessoas na cidade, locais que deveriam estar abertos e seguem funcionando, além de abuso na cobrança de produtos como álcool em gel, por exemplo.

Paulo Serra aproveitou também para reforçar o pedido para que a população, principalmente as pessoas com mais de 60 anos, fiquem em casa. “São dias decisivos para sabermos como vamos enfrentar essa guerra. Se ficarmos em casa podemos enfrentar essa doença de forma mais justa, mais correta.”

São Paulo registra 22 óbitos pelo novo coronavírus; Estado confirma 631 casos
A Secretaria de Estado da Saúde registrou, na tarde de ontem, um total de 22 óbitos relacionados ao novo coronavírus. Todos ocorreram na cidade de São Paulo. Dos sete novos óbitos confirmados pela pasta desde ontem, cinco são homens com idades de 76, 81, 82 e 83 anos e duas mulheres com 88 e 96 anos. Desse total de mortes registradas até o momento, 21 ocorreram em hospitais privados e um em hospital público. O Estado também registra 631 casos confirmados.

De acordo com o Ministério da Saúde, o País registra 25 mortes e 1.546 casos confirmados da doença. Conforme dados divulgados no último sábado, são 418 casos a mais, um aumento de 37% e mais sete mortes.

Ainda de acordo com o Ministério, todos os Estados do País já têm casos confirmados – até sábado. Roraima não tinha casos mas agora, já registra dois. No Norte, são 49 casos e no Nordeste, 231 casos, Já no Centro-Oeste, registra 161 casos e no Sul, 179 casos. O Sudeste concentra o maior número de casos, 926 ao todo, e todas as mortes, em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, afirmou que 5 milhões de testes encomendados pelo governo para os próximos dias virão de fabricante chinesa e apresentam especificidade de 99,5%. A expectativa é que a pasta trabalhe com escala de 30 a 50 mil exames por dia – veja mais o que ele disse na página 4.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;