Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 3 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Diocese determina missas sem público a partir de segunda

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Bispo dom Pedro Carlos Cipollini pediu que atos sejam transmitidos pela
internet e que igreja permaneça aberta para orações individuais


Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

21/03/2020 | 00:01


 A Diocese de Santo André, responsável pelas sete cidades do Grande ABC, determinou ontem a proibição de público nas missas a partir de segunda-feira. A decisão foi tomada para atender recomendação do governo do Estado, que pediu o cancelamento de eventos com mais de 500 pessoas para evitar a aglomeração e tentar desta forma conter a proliferação da Covid-19.

A notícia foi transmitida pelo bispo dom Pedro Carlos Cipollini, por meio das redes sociais da Diocese. Ele recomendou o cancelamento, mas pediu para que as missas sejam realizadas normalmente, apenas com o padre, e que tudo seja transmitido ao vivo pelas redes sociais, para que os fiéis tenham acesso ao conteúdo.

“Uma nuvem de tristeza se abateu sobre nós: a pandemia da Covid-19. A situação é grave. Levamos em conta recomendações das autoridades sanitárias e civis que gradativamente suspenderam as atividades sociais. Queremos colaborar da melhor forma possível”, informou a nota. “(Que) Sejam suspensas todas as atividades pastorais, celebrações dos sacramentos, inclusive da santa missa, e demais atividades com aglomeração de fiéis. Que os padres celebrem a missa sozinhos, se possível com transmissão nas mídias sociais.”

Em outro trecho, a Diocese explica que as portas das igrejas estarão sempre abertas, pediu para que o local fique arejado e que as pessoas possam ir até lá fazer suas orações individuais. “(Que) Sejam mantidas abertas e ventiladas as igrejas – locais de culto – nos horários normais para que os fiéis que desejarem, façam suas orações pessoais, observando a distância prescrita (em torno de dois metros). Os fiéis rezem em casa. Participem pelas mídias paroquiais, diocesanas e transmissões pela TV. Confiamos aos profissionais da saúde que, próximos aos doentes, façam uma breve oração para eles.”

Questionada sobre as razões pelas quais a decisão do fechamento será na segunda-feira e não a partir de hoje, a Diocese explicou que precisa avisar os fiéis. “Estamos em comunhão com as orientações e recomendações do governo do Estado. A fim de ter tempo hábil para avisar os fiéis que não tenham acesso ao decreto, por meio da internet e veículos de comunicação. Por isso, o decreto entra em vigor segunda-feira, com o objetivo de que todos estejam avisados das normas.”



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;