Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 26 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Café indigesto

Em encontro ontem à tarde em uma famosa cafeteria na Rua das Figueiras, em Santo André, deu o que falar


Do Diário do Grande ABC

07/06/2011 | 00:00


Em encontro ontem à tarde em uma famosa cafeteria na Rua das Figueiras, em Santo André, deu o que falar no meio político da região. O vereador de São Bernardo Tião Mateus (PT) reuniu-se com o juiz da 7ª Vara Cível do município, Gersino Donizete do Prado, que foi afastado de suas funções por 90 dias por determinação do Tribunal de Justiça. O magistrado é acusado de concussão e corrupção passiva e passou a ser investigado pela corregedoria do órgão após denúncia de empresário de Santo André. Mas o petista garante que esse não foi o assunto principal do encontro. "Falamos sobre o processo do Jardim Scaff (onde estão centenas de famílias alvos de ação de reintegração de posse desde 1997), que eu acompanho. Ele me disse que nesse período o processo irá ficar parado", explicou o vereador. Ainda assim, disse que prestou solidariedade ao juiz. "Independentemente de qualquer coisa, ele é meu amigo há muitos anos. Se ele cometeu alguma infração, não sou eu que vou julgá-lo", explicou. Está certo, vereador. Tudo para deixar claro que "ele é ele e eu sou eu". Nessa hora, é cada um por si...

Estilosos

A Prefeitura de São Caetano está comprando 200 gravatas e 200 echarpes para os 200 funcionários do Atende Fácil, espécie de Poupatempo municipal. O material é para repor as peças em mau estado dos servidores públicos. Para isso, está gastando R$ 17,9 mil. Tudo para o pessoal ficar na estica...

Teste do palanque

No evento de domingo em São Caetano, quando o governador Geraldo Alckmin (PSDB) foi a estrela da entrega das chaves dos apartamentos da CDHU no município, quem chamou a atenção no meio político foi o vereador Paulo Pinheiro (PTB). Mesmo sem ser presidente da Câmara, mais uma vez ele ganhou local de destaque no palanque ao lado do prefeito José Auricchio Júnior (PTB). O que se fala é que o chefe do Executivo não consegue mais disfarcar a dúvida entre quem deverá ser o candidato governista à sua sucessão no ano que vem. A presença de Pinheiro seria uma forma de testá-lo junto ao eleitorado, assim como fez algumas vezes com a assessora especial Regina Maura Zetone (PTB). Ele ainda não sabe se vai com o "popular" (no caso, Pinheiro) ou com o "técnico", mais a seu estilo (Regina Maura). Ou seja, junta os dois na chapa. Para quem apostava que Auricchio já havia decidido, pode acabar perdendo a aposta...



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;