Fechar
Publicidade

Domingo, 15 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Kanye West se apresenta em penitenciárias dos Estados Unidos



16/11/2019 | 21:31


Kanye West fez apresentações musicais em duas penitenciárias de Houston, cidade norte-americana no Estado do Texas, na sexta-feira, 15. Escondido do público, o rapper que virou cantor gospel entoou canções do novo álbum Jesus is King, lançado em outubro deste ano.

A iniciativa dele segue os passos de Johnny Cash, cantor e compositor que após se reabilitar da dependência química, gravou um dos álbuns mais famosos de sua carreira, Johnny Cash at Folsom Prison.

A obra é fruto de dois shows que ele realizou na Prisão Estadual de Folsom, na Califórnia, dando origem ao álbum de 15 faixas. Cash morreu em 2003, aos 71 anos, por causa de complicações da diabete.

West e seu coral se apresentaram para mais de 200 internos do sexo masculino e depois foram até outro presídio, do outro lado da rua, para cantar diante de um público menor de mulheres.

O xerife do condado de Harris, Ed Gonzalez, disse que os representantes de West pediram às autoridades da prisão para que fizessem os shows de forma secreta.

As performances foram realizadas dois dias antes de o cantor falar na vasta igreja de Joel Osteen em Lakewood, também em Houston.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Kanye West se apresenta em penitenciárias dos Estados Unidos


16/11/2019 | 21:31


Kanye West fez apresentações musicais em duas penitenciárias de Houston, cidade norte-americana no Estado do Texas, na sexta-feira, 15. Escondido do público, o rapper que virou cantor gospel entoou canções do novo álbum Jesus is King, lançado em outubro deste ano.

A iniciativa dele segue os passos de Johnny Cash, cantor e compositor que após se reabilitar da dependência química, gravou um dos álbuns mais famosos de sua carreira, Johnny Cash at Folsom Prison.

A obra é fruto de dois shows que ele realizou na Prisão Estadual de Folsom, na Califórnia, dando origem ao álbum de 15 faixas. Cash morreu em 2003, aos 71 anos, por causa de complicações da diabete.

West e seu coral se apresentaram para mais de 200 internos do sexo masculino e depois foram até outro presídio, do outro lado da rua, para cantar diante de um público menor de mulheres.

O xerife do condado de Harris, Ed Gonzalez, disse que os representantes de West pediram às autoridades da prisão para que fizessem os shows de forma secreta.

As performances foram realizadas dois dias antes de o cantor falar na vasta igreja de Joel Osteen em Lakewood, também em Houston.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;