Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 16 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Indignação em forma de música

Carol Pereira/Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Banda da região, Ação Direta mostra novo disco amanhã, ‘Na Cruz da Exclusão’, em Santo André


Vinícius Castelli
Do Diário do Grande ABC

26/10/2019 | 07:53


São 32 anos de estrada e nada de ‘papas na língua’. Quando recado precisa ser dado, é com música e de forma furiosa que é feito. Banda nascida e criada no Grande ABC, a Ação Direta segue na luta, apresenta seu novo disco, Na Cruz da Exclusão, e aproveita o trabalho para apontar o dedo para as mazelas que acha necessário.

Com foco em mistura de hardcore e metal, o quarteto formado por Gepeto (voz), Galo (baixo), St. Dennis (guitarra) e Marcão (bateria) mostra o resultado do novo trabalho em evento amanhã, em Santo André, no Santo Rock Bar (Rua das Bandeiras, 421). Participam ainda, a partir das 14h, as bandas Undergust, Grinding Reaction e Lepra. As entradas custam de R$ 15 a R$ 20 (www.eventbrite.com.br) e R$ 30 (na porta).

Com produção de Diego Henrique, nome que tem despontado entre diversos artistas independentes, o álbum (Monstro Discos/Xaninho Discos) já está disponível nas plataformas digitais e em breve em CD,

Nono título da discografia, Na Cruz da Exclusão, como o nome sugere, fala de estar à margem da sociedade, de comportamento das pessoas, corrupção, dependência tecnológica e injustiças sociais. Temas esses escancarados em faixas como Viver é Regredir?, Secular e Imbecilização da Raça.

O disco ganha vida ilustrado por 11 músicas, sendo que uma delas, Caçador da Noite, uma releitura do veterano grupo Dorsal Atlântica, do Rio de Janeiro. O contrabaixista Galo conta que a primeira vez que pensaram em gravar essa faixa foi em 2005. Mas não aconteceu. Agora a sugestão voltou para discussão. Ele brinca dizendo que o grupo ficou bravo por se tratar de uma música difícil de se tocar. “Mas fomos ajudados pelo ‘maestro’ Carlos Lopes (compositor da canção) a distância. E ele foi parte crucial do processo e garantiu um ótimo resultado final”, diz.

Segundo Gepeto, Na Cruz da Exclusão é um titulo que remete à realidade “nua e crua do Brasil e dos países do terceiro mundo. A exclusão e seus efeitos colaterais estão por toda parte, escancarados”, explica Gepeto. Ele conta que as inspirações que deram vida ao disco são indignação e revolta. Com isso surgiu “a necessidade de gritar, de se posicionar perante os absurdos que estamos vivendo nesses tempos atuais”.

Gepeto está satisfeito por apresentar um disco cheio de questionamentos. Um papel que a Ação Direta tomou para si, naturalmente, já há algum tempo. “Arte é liberdade. É expressão e representação. É educação, uma linguagem única. É vida”, encerra. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Indignação em forma de música

Banda da região, Ação Direta mostra novo disco amanhã, ‘Na Cruz da Exclusão’, em Santo André

Vinícius Castelli
Do Diário do Grande ABC

26/10/2019 | 07:53


São 32 anos de estrada e nada de ‘papas na língua’. Quando recado precisa ser dado, é com música e de forma furiosa que é feito. Banda nascida e criada no Grande ABC, a Ação Direta segue na luta, apresenta seu novo disco, Na Cruz da Exclusão, e aproveita o trabalho para apontar o dedo para as mazelas que acha necessário.

Com foco em mistura de hardcore e metal, o quarteto formado por Gepeto (voz), Galo (baixo), St. Dennis (guitarra) e Marcão (bateria) mostra o resultado do novo trabalho em evento amanhã, em Santo André, no Santo Rock Bar (Rua das Bandeiras, 421). Participam ainda, a partir das 14h, as bandas Undergust, Grinding Reaction e Lepra. As entradas custam de R$ 15 a R$ 20 (www.eventbrite.com.br) e R$ 30 (na porta).

Com produção de Diego Henrique, nome que tem despontado entre diversos artistas independentes, o álbum (Monstro Discos/Xaninho Discos) já está disponível nas plataformas digitais e em breve em CD,

Nono título da discografia, Na Cruz da Exclusão, como o nome sugere, fala de estar à margem da sociedade, de comportamento das pessoas, corrupção, dependência tecnológica e injustiças sociais. Temas esses escancarados em faixas como Viver é Regredir?, Secular e Imbecilização da Raça.

O disco ganha vida ilustrado por 11 músicas, sendo que uma delas, Caçador da Noite, uma releitura do veterano grupo Dorsal Atlântica, do Rio de Janeiro. O contrabaixista Galo conta que a primeira vez que pensaram em gravar essa faixa foi em 2005. Mas não aconteceu. Agora a sugestão voltou para discussão. Ele brinca dizendo que o grupo ficou bravo por se tratar de uma música difícil de se tocar. “Mas fomos ajudados pelo ‘maestro’ Carlos Lopes (compositor da canção) a distância. E ele foi parte crucial do processo e garantiu um ótimo resultado final”, diz.

Segundo Gepeto, Na Cruz da Exclusão é um titulo que remete à realidade “nua e crua do Brasil e dos países do terceiro mundo. A exclusão e seus efeitos colaterais estão por toda parte, escancarados”, explica Gepeto. Ele conta que as inspirações que deram vida ao disco são indignação e revolta. Com isso surgiu “a necessidade de gritar, de se posicionar perante os absurdos que estamos vivendo nesses tempos atuais”.

Gepeto está satisfeito por apresentar um disco cheio de questionamentos. Um papel que a Ação Direta tomou para si, naturalmente, já há algum tempo. “Arte é liberdade. É expressão e representação. É educação, uma linguagem única. É vida”, encerra. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;