Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 11 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Chamberlain brilha e Liverpool goleia na Liga dos Campeões; Napoli lidera grupo



23/10/2019 | 18:03


De volta ao time titular do Liverpool, o meia-atacante Alex Oxlade-Chamberlain aproveitou sua oportunidade e comandou a equipe inglesa na vitória sobre o Genk por 4 a 1, na Bélgica, nesta quarta-feira, pelo Grupo E da Liga dos Campeões. Pela mesma chave, o Napoli sofreu, mas derrotou o RB Salzburg por 3 a 2, na Áustria.

Os resultados mantiveram o time italiano na liderança do grupo, com sete pontos. Os ingleses, atuais campeões europeus, somam seis e começam a esboçar reação na competição após derrota na estreia, justamente para o Napoli, e uma vitória suada sobre o Salzburg na rodada passada. O time austríaco tem três pontos, contra apenas um do Genk.

Na cidade belga, o Liverpool contou com o retorno de Salah, recuperado de lesão, e a volta de Oxlade-Chamberlain ao time titular. Além disso, o técnico Jürgen Klopp promoveu mudanças em quase todos os setores da equipe. Colocou Lovren no lugar de Matip e Milner, Keita e o próprio Chamberlain no meio-campo.

Com esta formação, mais próxima a que levou o Liverpool ao título na temporada passada, as redes balançaram logo no primeiro minuto de jogo. Chamberlain arriscou chute rasteiro de fora da área e contou com desvio para da zaga para vencer o goleiro Gaetan Coucke. Na sequência, aos 6, Roberto Firmino foi derrubado dentro da área, mas o árbitro ignorou o lance e o VAR.

O brasileiro deu grande passe, de letra, para Mané, que quase anotou o segundo. Aos 24, o atacante senegalês parou no goleiro belga. Um minuto depois, o Gelk empatou, mas o árbitro anulou ao anotar impedimento no início da jogada. Em seguida, aos 29, foi a vez de Salah levar perigo, em cobrança de falta.

No segundo tempo, o segundo gol dos ingleses veio aos 12 minutos. Firmino deu lindo passe para Chamberlain acertar outro belo chute, no ângulo, e ampliar a vantagem dos visitantes. O terceiro gol aconteceu aos 31, em jogada que contou co todos os atacantes do Liverpool. Firmino iniciou jogada que contou com assistência de Salah e gol de Mané, batendo na saída do goleiro.

A goleada foi confirmada aos 41, quando o egípcio recebeu entre dois marcadores na entrada da área, driblou ambos com rapidez e, cara a cara com o goleiro, bateu no canto. No minuto seguinte, o Genk anotou o seu gol de honra, com Stephen Odey.

NAPOLI TAMBÉM VENCE - Em Salzburgo, o Napoli também teve dificuldades para vencer o time da casa, como acontecera com o Liverpool na rodada anterior. Os anfitriões saíram na frente, mas o gol de Erling Braut Haaland foi anulado pelo VAR, aos 8. Na sequência, aos 16, Mertens colocou os italianos na frente ao receber pela direita, entrar na área e encher o pé em chute cruzado, praticamente indefensável.

O RB Salzburg empatou aos 39, em cobrança de pênalti do mesmo Haaland, considerado uma das grandes promessas do futebol europeu. Mas Mertens voltou a colocar o Napoli em vantagem, aos 19. Em um duelo particular com Haaland, o jogador da casa voltou a balançar as redes, ao completar de cabeça cruzamento da esquerda, aos 27.

Parecia que o gol amenizaria de vez a empolgação do Napoli. Mas o time italiano respondeu imediatamente. Logo após a saída de bola, Insigne escapou pela direita e anotou o terceiro e decisivo gol do Napoli, selando a vitória dos visitantes.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Chamberlain brilha e Liverpool goleia na Liga dos Campeões; Napoli lidera grupo


23/10/2019 | 18:03


De volta ao time titular do Liverpool, o meia-atacante Alex Oxlade-Chamberlain aproveitou sua oportunidade e comandou a equipe inglesa na vitória sobre o Genk por 4 a 1, na Bélgica, nesta quarta-feira, pelo Grupo E da Liga dos Campeões. Pela mesma chave, o Napoli sofreu, mas derrotou o RB Salzburg por 3 a 2, na Áustria.

Os resultados mantiveram o time italiano na liderança do grupo, com sete pontos. Os ingleses, atuais campeões europeus, somam seis e começam a esboçar reação na competição após derrota na estreia, justamente para o Napoli, e uma vitória suada sobre o Salzburg na rodada passada. O time austríaco tem três pontos, contra apenas um do Genk.

Na cidade belga, o Liverpool contou com o retorno de Salah, recuperado de lesão, e a volta de Oxlade-Chamberlain ao time titular. Além disso, o técnico Jürgen Klopp promoveu mudanças em quase todos os setores da equipe. Colocou Lovren no lugar de Matip e Milner, Keita e o próprio Chamberlain no meio-campo.

Com esta formação, mais próxima a que levou o Liverpool ao título na temporada passada, as redes balançaram logo no primeiro minuto de jogo. Chamberlain arriscou chute rasteiro de fora da área e contou com desvio para da zaga para vencer o goleiro Gaetan Coucke. Na sequência, aos 6, Roberto Firmino foi derrubado dentro da área, mas o árbitro ignorou o lance e o VAR.

O brasileiro deu grande passe, de letra, para Mané, que quase anotou o segundo. Aos 24, o atacante senegalês parou no goleiro belga. Um minuto depois, o Gelk empatou, mas o árbitro anulou ao anotar impedimento no início da jogada. Em seguida, aos 29, foi a vez de Salah levar perigo, em cobrança de falta.

No segundo tempo, o segundo gol dos ingleses veio aos 12 minutos. Firmino deu lindo passe para Chamberlain acertar outro belo chute, no ângulo, e ampliar a vantagem dos visitantes. O terceiro gol aconteceu aos 31, em jogada que contou co todos os atacantes do Liverpool. Firmino iniciou jogada que contou com assistência de Salah e gol de Mané, batendo na saída do goleiro.

A goleada foi confirmada aos 41, quando o egípcio recebeu entre dois marcadores na entrada da área, driblou ambos com rapidez e, cara a cara com o goleiro, bateu no canto. No minuto seguinte, o Genk anotou o seu gol de honra, com Stephen Odey.

NAPOLI TAMBÉM VENCE - Em Salzburgo, o Napoli também teve dificuldades para vencer o time da casa, como acontecera com o Liverpool na rodada anterior. Os anfitriões saíram na frente, mas o gol de Erling Braut Haaland foi anulado pelo VAR, aos 8. Na sequência, aos 16, Mertens colocou os italianos na frente ao receber pela direita, entrar na área e encher o pé em chute cruzado, praticamente indefensável.

O RB Salzburg empatou aos 39, em cobrança de pênalti do mesmo Haaland, considerado uma das grandes promessas do futebol europeu. Mas Mertens voltou a colocar o Napoli em vantagem, aos 19. Em um duelo particular com Haaland, o jogador da casa voltou a balançar as redes, ao completar de cabeça cruzamento da esquerda, aos 27.

Parecia que o gol amenizaria de vez a empolgação do Napoli. Mas o time italiano respondeu imediatamente. Logo após a saída de bola, Insigne escapou pela direita e anotou o terceiro e decisivo gol do Napoli, selando a vitória dos visitantes.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;