Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 22 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

São Caetano anuncia aproximação com o empresário Saul Klein

Divulgação/AD São Caetano Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Empresário foi um dos principais apoiadores nos anos 2000, quando clube viveu seu melhor momento


Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

16/07/2019 | 07:00


Um dos personagens mais importantes da história do São Caetano, Saul Klein voltou a se aproximar do clube. O empresário foi quem ajudou a levar grandes patrocinadores ao Azulão e participou dos melhores momentos vividos pelo clube na década de 2000. Na época, ele representava a Casas Bahia, empresa fundada por seu pai, Samuel Klein – que faleceu em 2014. Saul assistiu aos últimos jogos do time na Copa Paulista ao lado do presidente Nairo Ferreira de Souza e do diretor de futebol, Genivaldo Leal.

Saul atualmente está afastado dos negócios da família. Ele vendeu sua parte da herança ao irmão, Michael Klein, que é quem administra a rede de lojas de departamentos. Apesar de divulgar em seu site oficial que houve a reaproximação com o empresário, o São Caetano não revelou de que forma ele vai ajudar a fortalecer o time. Procurado insistentemente pelo Diário, ontem, o presidente Nairo Ferreira de Souza não foi localizado.

A expectativa é que Saul ajude novamente a trazer parceiros fortes ao São Caetano, aumentando o poder aquisitivo do clube, impulsionando a retomada do Azulão às divisões intermediárias do Brasileiro e também à elite do Paulistão.

Nas redes sociais, os torcedores do São Caetano mostraram otimismo com a novidade. “Saul Klein seja a Leila/Palmeiras para o Azulão”, escreveu um torcedor no perfil oficial do clube no Facebook, referindo-se à dona da Crefisa e principal apoiadora do Verdão. “Isso é necessário: parcerias com empresas de porte. Com certeza outras virão”, escreveu outro azulino. Mas também havia quem mantenha o pé atrás. “Tem que ficar de olho agora em tudo o que essa diretoria faz.” 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

São Caetano anuncia aproximação com o empresário Saul Klein

Empresário foi um dos principais apoiadores nos anos 2000, quando clube viveu seu melhor momento

Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

16/07/2019 | 07:00


Um dos personagens mais importantes da história do São Caetano, Saul Klein voltou a se aproximar do clube. O empresário foi quem ajudou a levar grandes patrocinadores ao Azulão e participou dos melhores momentos vividos pelo clube na década de 2000. Na época, ele representava a Casas Bahia, empresa fundada por seu pai, Samuel Klein – que faleceu em 2014. Saul assistiu aos últimos jogos do time na Copa Paulista ao lado do presidente Nairo Ferreira de Souza e do diretor de futebol, Genivaldo Leal.

Saul atualmente está afastado dos negócios da família. Ele vendeu sua parte da herança ao irmão, Michael Klein, que é quem administra a rede de lojas de departamentos. Apesar de divulgar em seu site oficial que houve a reaproximação com o empresário, o São Caetano não revelou de que forma ele vai ajudar a fortalecer o time. Procurado insistentemente pelo Diário, ontem, o presidente Nairo Ferreira de Souza não foi localizado.

A expectativa é que Saul ajude novamente a trazer parceiros fortes ao São Caetano, aumentando o poder aquisitivo do clube, impulsionando a retomada do Azulão às divisões intermediárias do Brasileiro e também à elite do Paulistão.

Nas redes sociais, os torcedores do São Caetano mostraram otimismo com a novidade. “Saul Klein seja a Leila/Palmeiras para o Azulão”, escreveu um torcedor no perfil oficial do clube no Facebook, referindo-se à dona da Crefisa e principal apoiadora do Verdão. “Isso é necessário: parcerias com empresas de porte. Com certeza outras virão”, escreveu outro azulino. Mas também havia quem mantenha o pé atrás. “Tem que ficar de olho agora em tudo o que essa diretoria faz.” 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;