Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 24 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

PM é acionada para averiguar ameaça de ataque à escola em São Caetano


Do Dagbc.com.br

23/04/2019 | 13:04


Atualizada às 17h14

A PM (Polícia Militar) foi acionada na manhã desta terça-feira (23) para averiguar suposta ameaça de ataque à Escola Estadual Idalina Macedo Costa Sodré, no bairro Barcelona, em São Caetano. Nenhuma evidência foi encontrada no local.

As autoridades receberam o chamado via 190 por volta das 6h20. Ao chegar ao colégio, constataram que o suposto ataque, que segundo informações aconteceria nos moldes do massacre de Suzano (região metropolitana de São Paulo), não passava de boato.

A PM informou ainda que a diretoria da escola foi orientada a como proceder em caso de ameaça real.

Em nota, a Prefeitura de São Caetano ressaltou que, além da PM, a GCM (Guarda Civil Municipal) foi chamada na escola para verificação do fato e nada foi identificado.

A Secretaria de Educação do Estado de São Paulo foi procurada pela reportagem, porém ainda não se pronunciou. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

PM é acionada para averiguar ameaça de ataque à escola em São Caetano

Do Dagbc.com.br

23/04/2019 | 13:04


Atualizada às 17h14

A PM (Polícia Militar) foi acionada na manhã desta terça-feira (23) para averiguar suposta ameaça de ataque à Escola Estadual Idalina Macedo Costa Sodré, no bairro Barcelona, em São Caetano. Nenhuma evidência foi encontrada no local.

As autoridades receberam o chamado via 190 por volta das 6h20. Ao chegar ao colégio, constataram que o suposto ataque, que segundo informações aconteceria nos moldes do massacre de Suzano (região metropolitana de São Paulo), não passava de boato.

A PM informou ainda que a diretoria da escola foi orientada a como proceder em caso de ameaça real.

Em nota, a Prefeitura de São Caetano ressaltou que, além da PM, a GCM (Guarda Civil Municipal) foi chamada na escola para verificação do fato e nada foi identificado.

A Secretaria de Educação do Estado de São Paulo foi procurada pela reportagem, porém ainda não se pronunciou. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;