Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 19 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Em jogo de estreias, Grêmio vence Atlético-MG e já sonha com liderança



18/07/2018 | 23:46


Em confronto direto na briga pelas primeiras posições da tabela, o Grêmio deu poucas chances ao então vice-líder Atlético Mineiro na noite desta quarta-feira e venceu por 2 a 0, na Arena Grêmio, na retomada do Campeonato Brasileiro, após a paralisação em razão da Copa do Mundo da Rússia.

Anfitrião, o Grêmio dominou o jogo desde o início e quase não sofreu ameaças por parte de um Atlético quase desfigurado, devido a mudanças no setor ofensivo. Os dois times sofreram alterações ao longo da Copa, com chegadas e saídas no elenco - alguns reforços estrearam nesta noite -, mas foi o time mineiro quem mais sofreu com as baixas.

No primeiro tempo, o capitão Maicon criou oportunidades para deixar a equipe gaúcha em boa vantagem. Sem sucesso, viu sua equipe abrir rápida dianteira no placar no começo do segundo tempo. Foram dois gols em apenas sete minutos. Luan ainda desperdiçou um pênalti quando a partida já estava 2 a 0.

O resultado embolou as primeiras colocações da tabela. O Grêmio chegou aos 23 pontos e subiu para o provisório quarto lugar. Já o Atlético caiu do segundo para o terceiro posto, com os mesmos 23, porque o São Paulo assumiu a vice-liderança ao superar o líder Flamengo por 1 a 0, no Maracanã, também nesta quarta. O time paulista tem 26, contra 27 dos cariocas.

Na retomada do Brasileirão, ambos os times entraram em campo com mudanças. O Atlético foi quem mais sofreu com a parada para a disputa da Copa do Mundo da Rússia. Perdeu Róger Guedes, artilheiro do Brasileirão, com nove gols. Em seu lugar, o agora efetivado técnico Thiago Larghi escalou o reforço colombiano Chará, discreto em sua estreia.

Outros quatro reforços atleticanos entraram em campo nesta quarta: os meia José Welison e David Terans e os atacantes Denílson e Edinho. O primeiro substituiu Adilson, machucado, e foi o melhor estreante do dia. O volante Gustavo Blanco também foi baixa nesta quarta e no restante da temporada, após romper ligamento do joelho.

O Grêmio sofreu bem menos durante a paralisação do campeonato. A maior perda foi mesmo a do volante Arthur, algo que já era dado como certo. Maicon, recuperado de lesão, e Cícero se revezavam na função do jogador negociado com o Barcelona. As novidades em campo foram o retorno de Douglas e a estreia de Marinho, contratado durante a Copa.

O JOGO - Com o retorno do capitão Maicon e a baixa do zagueiro Kannemann, o Grêmio começou a partida tentando impor seu estilo de toque de bola, diante de um combativo Atlético. O visitante até tentou equilibrar as forças nos primeiros minutos, mas foi logo empurrado para a sua defesa. Acelerando o jogo, o time gaúcho sufocou o rival nos primeiros 20 minutos de jogo.

O Atlético só conseguiu buscar o ataque pela primeira vez aos 29. Edinho bateu de fora da área, por cima do travessão, e assustou. O atacante, contudo, sentiu dores musculares na coxa esquerda logo na sequência e precisou ser substituído. Denilson entrou em seu lugar aos 33.

Enquanto isso, o Grêmio trocava passes com facilidade no campo de ataque, na tentativa de envolver a defesa atleticana, que apenas reagir, sem impor contra-ataques. André e Luan faziam partida discreta, porém Maicon fazia a diferença, surgindo de trás.

Aos 36, ele cruzou quase da linha de fundo, pela direita, mas André, bem marcado, pegou mal quase debaixo do gol e mandou para fora. Um minuto depois, em mais uma jogada trabalhada pelo ataque gremista, desta vez pela esquerda, Maicon bateu rasteiro vindo pelo meio, para fora. Antes do intervalo, aos 43, o capitão encheu o pé da entrada da área e mandou rente ao travessão, graças à leve desvio de Victor.

O Atlético voltou melhor no segundo tempo, com uma postura mais ofensiva. Mas, justamente quando os visitantes estava melhor, o Grêmio abriu o placar. Logo aos seis, Luan cobrou escanteio na área e Bressan, substituto de Kannemann, desviou de leve na primeira trave para as redes. O Atlético pediu falta de Geromel no goleiro Victor na mesma jogada. O juiz confirmou o gol.

O segundo gol veio na sequência, aos 13. Numa rápida cobrança de falta pelo lado direito, Léo Moura cruzou na área e André só escorou para as redes. A defesa atleticana pediu toque de mão, sem sucesso. O time gaúcho ainda teve a oportunidade de marcar o terceiro, aos 26, quando Everton foi derrubado por Fábio Santos dentro da área. Mas, na cobrança do pênalti, Luan acertou o pé da trave.

Do outro lado, o Atlético quase não esboçava reação. Sem Gustavo Blanco machucado, a melhor opção era Luan, que acabou sendo substituído aos 15. Elias e Tomás Andrade tentavam organizar o meio-campo dos visitantes.

Aos 30 minutos, a torcida gremista comemorou quase como se fosse um gol. Mas não era o terceiro. Era o retorno de Douglas aos gramados após um ano e meio de afastamento dos gramados, em razão de duas cirurgias no joelho esquerdo. O meia voltou a jogar nas últimas semanas em jogos-treino e até no Campeonato Brasileiro de Aspirantes. Mas, desde fevereiro do ano passado, sua primeira partida oficial foi nesta quarta.

Mesmo acima do peso e fazendo atuação discreta na reta final do jogo, Douglas agradou à torcida, que acompanhou um jogo morno nos últimos 15 minutos, quando o time gaúcho apenas administrou sua vantagem.

Os dois times voltam a campo no domingo, para a 14ª rodada do Brasileirão. O Grêmio vai visitar o Vasco em São Januário, enquanto o Atlético jogará contra o Palmeiras no Allianz Parque.

FICHA TÉCNICA:

GRÊMIO 2 x 0 ATLÉTICO-MG

GRÊMIO - Marcelo Grohe; Léo Moura (Marinho), Pedro Geromel, Bressan e Cortez; Maicon (Jailson), Cícero, Ramiro, Luan e Everton; André (Douglas). Técnico: Renato Gaúcho.

ATLÉTICO-MG - Victor; Patric; Juninho, Gabriel e Fábio Santos; José Welison, Elias, Chará (David Terans); Luan (Tomás Andrade), Edinho (Denilson) e Ricardo Oliveira. Técnico: Thiago Larghi.

GOLS - Bressan, aos 6, e André, aos 13 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Gabriel, Maicon, Elias.

ÁRBITRO - Flávio Rodrigues de Souza (SP).

RENDA - R$ 637.521,00

PÚBLICO - 20.311 pagantes (22.063 no total).

LOCAL - Arena Grêmio, em Porto Alegre (RS).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados