Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 18 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Massa faz 'honras da casa' para Alonso


Das Agências

17/10/2009 | 07:00


Manter as aparências é necessário no mundo da fórmula 1. talvez por isso, Felipe Massa - que durante a semana criticou Fernando Alonso pelo resultado armado do GP de Cingapura em 2008 (quando Nelsinho Piquet bateu de propósito e o espanhol venceu) - fez as honras da casa e até desejou ao futuro companheiro de equipeboa sorte na corrida deste fim de semana.

O encontro ocorreu no paddock de Interlagos. O espanhol viu o brasileiro do lado de fora da sala da Ferrari e foi falar com ele. Depois de algumas palavras, a dupla fez a alegria dos fotógrafos ao posar para fotos.

"Só nos cumprimentamos, perguntei como estava indo e ele disse ‘difícil'. Não falamos sobre o ano que vem, temos uma grande equipe e podemos ter um grande resultado para a Ferrari", afirmou Felipe Massa.

Alonso, contratado pela Ferrari para substituir Kimi Raikkonen, nega qualquer participação no escândalo de 2008 e afirmou que ainda não havia falado com Massa desde que assinou o contrato com sua nova equipe, mas que pretendia conversar com ele para aproveitar um pouco da experiência de quatro anos do brasileiro na equipe.

Os dois pilotos sorriram ao posar para fotos se cumprimentado, e em seguida Alonso surpreendeu a todos com o melhor tempo do dia na segunda sessão de treinos em Interlagos. Enquanto isso, Massa, que se recupera do acidente sofrido no GP da Hungria, acompanha tudo de perto dos boxes da Ferrari e se prepara para dar a bandeirada amanhã.

Massa, entretanto, não conseguiu se decidir para quem prefere agitar a bandeira quadriculada. Sentado ao lado de Stefano Domenicalli (diretor da equipe), a primeira resposta foi: "Não estamos em grande posição na Ferrari este ano, mas espero dar a bandeirada para nossa equipe."

Em seguida, mudou de opinião: "Mas também espero dar para o Rubens (Barrichello), será muito legal para o Brasil. Com certeza será um trabalho difícil para mim."

A única certeza para ele é que será muito difícil Jenson Button, companheiro de Barrichello na Brawn, perder o título. Ele tem 14 pontos de vantagem para o brasileiro e, se terminar em terceiro no domingo, garante o título com uma prova de antecedência, independentemente do resultado dos adversários.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;