Fechar
Publicidade

Domingo, 19 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Cantor pede quase R$ 1 bilhão a Miley Cyrus por suposto plágio

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


14/03/2018 | 19:55


Miley Cyrus está sendo processada em 300 milhões de dólares (aproximadamente R$ 977 milhões) pelo cantor jamaicano Michael May, conhecido como Flourgon. Ele a acusa de infringir a lei de direitos autorais com a música We Can?t Stop.

O cantor afirma que 50% da música de Miley, de 2013, veio da sua canção We Run Things, lançada em 1988, e que se tornou muito popular em seu país natal. Ele acusa a cantora e sua gravadora RCA Records de se apropriar indevidamente do seu trabalho e afirma que até mesmo parte da música de Miley ("We run things / Things don?t run we") foi copiada de sua música ("We run things / Things no run we").

Michael disse que entrou com processo para proteger seu trabalho no órgão norte-americano responsável por direitos autorais e que obteve proteção legal sobre sua criação.

Ele disse que a música de Miley Cyrus "deve a base de seu sucesso comercial ao conteúdo protegido, único, criativo e original de Michael". Em um comunicado enviado por seus advogados à imprensa, ele disse que quer proibir Miley de vender a música e que seja impedida de cantá-la em apresentações.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados