Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 18 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

TIM quer ampliar operação e região é alternativa

Projeto está em fase de estudo; empresa tem 45 postos no polo industrial de Santo André


Flavia Kurotori
Especial para o Diário

11/12/2017 | 07:21


A empresa de telecomunicações TIM está avaliando a possibilidade de ampliar sua operação no País. “A empresa está estudando a criação de novos data center, porém ainda sem definição de local”, afirma Homero Salum, gerente de rede TIM. Embora datas e investimentos ainda sejam incertos, o Grande ABC não está descartado, conforme o executivo.

É válido lembrar que a região já conta com o polo industrial da companhia em Santo André, onde, atualmente, estão disponíveis 45 vagas de emprego. Todas exigem Ensino Médio completo e, para concorrer a uma delas, basta acessar o www.vagas.com.br/tim. Salum salienta que, mesmo sem estimar valores, a planta da região é “certamente um dos principais polos tecnológicos da TIM”.

A unidade de Santo André, situada no bairro Homero Thon, reúne as áreas de TI e Segurança, além de call center próprio com mais de 1.400 consultores.

Ainda segundo o gerente de rede, as sete cidades possuem grande peso na receita da companhia e, por este motivo, a empresa está investindo para expandir e melhorar seus serviços. “Temos projeto de, até o fim deste semestre, termos cobertura do 4G mais intensa na região”, conta.

Stefano De Angelis, presidente da TIM, destaca que a aposta da empresa para conquistar o cliente em 2018 é a experiência customizada para atender às demandas individuais. “A oferta pode fazer a diferença: quantidade de gigas da internet e de minutos para voz está fazendo a diferença. Quantas vezes as pessoas deixam uma operadora porque não gostaram de sua experiência?”, diz.

BALANÇO - Até o fim do ano, a companhia deseja instalar o 4G em 3.000 cidades brasileiras, sendo que, até julho, 2.000 já contavam com o serviço – incluindo o Grande ABC. Em 2016, a cobertura chegou em 1.000 municípios.

De Angelis avalia que 2017 foi o ano em que a TIM voltou a ser competitiva em todos os setores, desde planos de internet e telefonia móvel a iniciativas como chamadas de vídeo em alta definição. O presidente também conta que São Paulo tem alternativa sustentável às tradicionais antenas, os biosites, instalados como extensão de poste de iluminação, e prevê expansão para mais cidades do Estado.

Em contrapartida, vale lembrar que, em julho de 2016, a TIM encerrou as atividades de dois call centers próprios, um em Pernambuco e outro no Paraná, gerando cerca de 1.700 demissões. À época, a empresa disse que a ação fazia parte de plano de ganho de eficiência e o então presidente Rodrigo Abreu afirmou que a companhia avaliava quais atividades deveriam ser internalizadas ou terceirizadas. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;