Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 3 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Simão retoma estudos e sonha com graduação

Arquivo Pessoal  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Ex-morador de rua deixou Santo André há dois anos para reencontrar a família


Yara Ferraz

29/10/2017 | 07:00


 Dois anos após deixar as ruas da Vila Curuçá, em Santo André, onde vivia acompanhado de seus três cães, Simão Pinheiro da Costa, 46 anos, comemora a oportunidade de retomar os estudos. Desde que o ex-morador de rua voltou para sua terra natal, Buriti Bravo, no Maranhão, conseguiu se matricular na EJA (Educação de Jovens e Adultos) e já vislumbra a possibilidade de cursar o Ensino Superior, na área de Contabilidade.

Simão ficou 26 anos longe da família, período em que teve a via pública como casa, em Santo André. Até então, ele só havia cursado até o 5º ano do Ensino Fundamental e se esforçava para conseguir ler livros. A mudança de vida aconteceu após reportagem do Diário mostrar a história do então desempregado. Com ajuda de amigos e familiares, que acabaram sendo encontrados, foi realizada campanha para a compra de passagens e ele, finalmente, conseguiu retornar para o Maranhão.

“Acordo bem cedo e vou trabalhar junto com o meu primo numa empresa de transportes. Trabalho como cobrador nas vans e fico o dia inteiro rodando. Chego em casa, por volta das 18h, e já vou para a escola”, contou animado.

Devido à facilidade com os números, ele tem como matéria preferida a Matemática. “Eu lembro que antes pegava livrinhos de sudoku e não conseguia resolver. Hoje, já consigo entender tudo. Por isso, penso primeiro em completar meus estudos e depois fazer o curso superior de Contabilidade. Quem sabe consigo voltar para estudar em uma grande universidade aí (em Santo André). Seria um sonho”, disse à equipe do Diário em conversa telefônica.

Além da retomada da vida acadêmica, Simão conseguiu reencontrar o pai. “Retomamos o contato e ele vem aqui direto para me visitar. Eu também larguei o vício no cigarro há mais de um ano e na bebida desde dezembro do ano passado. Foram muitas coisas boas na minha vida”, disse, emocionado.

Na época, ele embarcou junto dos seus três amigos fiéis, os cachorros vira-latas Negão, Neguita e Marrom. Os dois primeiros morreram de velhice, mas Marrom permanece ao lado de Simão na casa onde vive e que pertence aos parentes. “Ele (cachorro) já até arrumou namorada e passa o dia inteiro fora (de casa). Aqui tem bastante espaço e é bem tranquilo.”



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;